Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil: a mais completa e atualizada informação sobre o mercado de feiras
 
 
Destaques & Notícias
 
Assunto do Momento
 
Mercado de feiras e eventos projeta crescimento de 22% e amplia a demanda por produtos e serviços

Mercado de feiras e eventos projeta crescimento de 22% e amplia a demanda por produtos e serviços

Em 2019, o crescimento de 22% projetado para o mercado de feiras e eventos empresariais ampliará fortemente a demanda por produtos e serviços para promoção comercial. Empresas que atuam no setor estão diante de um cenário positivo e repleto de oportunidades

A realização de 61 feiras e eventos empresariais em janeiro e de 74 em fevereiro, soma-se à projeção de 117 em março e de 252 no primeiro trimestre, para reforçar a expectativa de que, em 2019, o mercado de feiras e eventos empresariais crescerá 22%. O fato dos números apontarem que o setor já está trilhando um novo ciclo de crescimento é, sem dúvida, uma ótima notícia para toda a cadeia produtiva de feiras e eventos, pois a tendência é que a demanda por produtos e serviços para promoção comercial também tenha expressivo crescimento. Assim, fornecedores de feiras e eventos têm pela frente um cenário positivo e repleto de oportunidades.

Um amplo mercado em crescimento

Ainda não é possível contar com projeções confiáveis sobre a movimentação que o mercado feiras gera em todo Brasil. Entretanto, estudo recentemente realizado pela Fipe revela que somente em São Paulo, as feiras de negócios movimentam 16 bilhões. São números muito parciais, mas que já mostram a relevância do mercado de feiras, como atividade geradora de emprego e renda.

Mercado de feiras e eventos projeta crescimento de 22% e amplia a demanda por produtos e serviços

Oportunidades para Empresas de todos os portes

A realização de feiras e eventos empresariais resulta na necessidade de contratação de um diversificado leque de produtos e serviços, abrangendo especialidades como engenharia, construção e energia elétrica, arquitetura, montagem, decoração e paisagismo, internet, telecomunicações e ti e marketing, comunicação e relações publicas, além de muitas outras necessidades atendidas por pequenos e micro empreendedores que se somam a um verdadeiro exército de profissionais autônomos e freelancers, como jornalistas tradutores, músicos, garçons, recepcionistas e seguranças, dentre muitos outros. São necessidades que resultam em um fluxo continuo de contratação fortemente disputado por empresas de todos os portes, que atuam lado a lado, em toda a cadeia produtiva.

Saiba superar as barreiras

Fornecedores de feiras e eventos têm diante de si amplo mercado, que, por outro lado, se caracteriza como muito pulverizado e fortemente competitivo. A demanda existe, mas não é fácil se tornar conhecido. Também não é fácil vencer a concorrência e conquistar novos clientes. Então, quem atua no setor deve estar preparado para isto. E ainda é imprescindível também ter em mente que o Brasil é um país continental com múltiplas diversidades regionais, o que torna muito diversificado o perfil dos contratantes, as especificidades e valores das contratações. São barreiras que somente poderão ser superadas com ações muito bem coordenadas. Neste sentido, deixamos aqui, como simples contribuição, os principais passos de uma estratégia comercial que, ao longo do tempo, vai abrir novas perspectivas para sua empresa e para seus negócios.
  • No trato com Clientes, mantenha um perfil orientador. Isto vai abrir espaço para a apresentação de soluções para problemas imediatos. A partir daí a questão “preço” deixará de ser, nas negociações, o fator mais relevante;
  • Amplie o relacionamento com entidades empresariais. Elas são “donas” de uma grande quantidade de feiras, congressos e seminários e normalmente contratam empresas para organizar e administrar os eventos que realizam por todo o Brasil. Além disso, exercem influência direta sobre seus associados;
  • Invista em viagens de prospecção de negócios, focando feiras realizadas nos novos pólos do agronegócio, tendo como objetivos a abertura de um canal de comunicação com associações e sindicatos rurais e o desenvolvimento de parceiros e representantes comerciais. Você encontrará regiões muito bem sucedidas e constatará que nelas existe um amplo espaço para empresas e profissionais experientes;
  • A presença de visitantes e expositores estrangeiros em feiras que se realizam no Brasil, deverá crescer nas feiras de 2019 e nos próximos anos. Prepare-se para recebê-los. O primeiro passo é dominar o inglês;
  • Mostre-se para o mercado. Utilize as redes sociais para mostrar o que você e sua empresa sabem fazer. Com isto, será reconhecido como autoridade naquilo que faz. Vale a pena investir nisto.

Fonte: Redação Feiras do Brasil
 
 


Últimos Assuntos do Momento 
» Feiras e eventos migram para o formato online
» Impacto do COVID-19 no segmento de feiras e eventos
» Feiras de março: veja os números para o terceiro mês do ano
» Números do setor: 2º trimestre prevê mais de 765 feiras em 178 cidades
» Feiras 2020: veja os números atualizados do 1º trimestre
mais...