Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
06/08/2015
São Paulo tem mais de 100 espaços culturais

O estudo revelou que centro e zona Oeste são têm mais centros para promoção de cultura

A São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos) realizou um levantamento inédito por meio do seu Observatório de Turismo e Eventos (núcleo de estudos e pesquisas) sobre a quantidade de espaços culturais disponíveis na cidade. O resultado revelou que as zonas norte, leste e sul são as que atualmente abrigam menos espaços culturais (54) e podem receber novos equipamentos. Já as áreas oeste e centro são as que mais concentram esse tipo de espaço (61).

O estudo faz parte de um inventário completo que o núcleo está desenvolvendo sobre a cidade e começou a ser elaborado em janeiro. De acordo com o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit, o estudo foi surpreendente. "No nosso banco de dados tínhamos apenas 50 espaços culturais na cidade e agora constatamos que existem mais de 100. Levamos em consideração espaços públicos, privados e independentes, todos com estrutura para receber paulistanos e turistas", afirma.

Para realização do levantamento foram considerados cinco tipos de equipamentos culturais, entre públicos e privados, classificados como: Centros culturais (68), habitualmente ligados a uma instituição mantida pelos poderes públicos, de porte maior; Casas de Cultura (17), centro cultural de pequeno porte, situado em regiões periféricas para os moradores das comunidades, voltadas para a divulgação de uma modalidade específica normalmente administrado pela Subprefeitura da região; Fábricas de cultura (10) e Oficinas de cultura (7), programas da Secretaria de Estado da Cultura que tem como objetivo ampliar o conhecimento cultural do jovem, por meio da interação com a sua própria comunidade e da participação em oficinas e atividades artísticas; além das 13 unidades do Serviço Social do Comércio (Sesc).

De acordo com Poit, o levantamento faz parte de um grande projeto da SPTuris de inventariar as atrações de cultura e entretenimento da cidade para futuramente trabalhar em parceria, de forma a torná-las também atrativas aos turistas. Ainda este ano, a SPTuris já inventariou os museus da capital paulista, chegando a uma lista final de 101 unidades. Até o fim do ano, deverá também diagnosticar a oferta de teatros.

Fonte: SPTuris
 


Últimas Notícias 
29/06/2017
» Balanço: ABF Franchising Expo 2017 aponta caminhos para o crescimento do setor
29/06/2017
» Francal 2017: Maior feira de calçados do País começa neste domingo (2)
29/06/2017
» Ministério do Turismo participa do 12 º Festival das Cataratas
29/06/2017
» Novo formato da Feimafe agrada público e proporciona visitas especializadas
29/06/2017
» Projeto Raiz reúne compradores e investidores internacionais durante High Design - Home & Office Expo
mais...
  buscar notícias: