Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
19/08/2015
Congresso Brasileiro de Cefaleia recebe palestrantes nacionais e internacionais

Entre os dias 3 e 5 de setembro, Curitiba será sede do XXIX Congresso Brasileiro de Cefaleia, que ocorre no Shopping Novo Batel. Sob a coordenação do neurologista e presidente da Sociedade Brasileira de Cefaleia - SBCe, Dr. Pedro Kowacs, o evento contará com a participação de três palestrantes internacionais: o Dr. Lars Edvinsson (da Suécia), Dr. Robert Cowan (dos Estados Unidos) e Dr. Federico Buanonotte (da Argentina), e 43 especialistas nacionais do Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, que abordarão os diferentes tipos de cefaleia, como tratá-las, bloqueios anestéticos, entre outros. A cerimônia de abertura ocorre no dia 3 de setembro, às 13h40.

Primeiro dia – 3 de setembro

No primeiro dia de evento, a partir das 8h20, ocorre o Simpósio Presidencial, com os especialistas Dr. Carlos Bordini e Dr. Marcelo Ciciarelli, de São Paulo, e Dr. Pedro Moreira Filho e Dr. Jano Alves de Souza, do Rio de Janeiro, que abordarão as palestras “Indometacina Hoje”; “50 tons de Cefaleia: o paciente masoquista”; “A Epigenética da Migrânea” e “Novos alvos para o tratamento da migrânea”.

Em seguida o presidente do Congresso, Dr. Pedro Kowacs, falará sobre “Aspectos visuais das migrâneas”; o paranaense Dr. Ricardo Ramina explicará sobre “Apresentações de cefeleia que vi em pacientes com tumores intracranianos” e o sueco Dr. Lars Edvinsson, abordará “CGRP, CGPR receptors, gepants and CGRP antibodies in migraine treatment: a therapy for the future”.

À tarde haverá a mesa redonda “Cefaleias Sintomáticas: elas existem?” com debates dos médicos médicos Dr. Marcelo Moraes Valença e Dr. Pedro Augusto Sampaio da Rocha, de Pernambuco, Dr. Sandro Luiz de Andrade Matas, de São Paulo, e Dr. Gustavo Fabiano Nogueira, do Paraná, que abordarão “Cefaleias em portadores de derivações liquoricas”, “Detalhes importantes e armadilhas da neuroimagem na hipertensão intra-craniana”, “Cobrindo um santo e descobrindo outro: a cefaleia pós-craniotomia” e “Pinocchio revival: cefaleias nasofaringeas não são mentira”. Ainda no dia 3 de setembro, ocorre o Simpósio Satélite com as palestras “Desequilíbrio e dor: migranea e o sistema vestibular” com a neurologista Dra. Thais Rodrigues Villa, de São Paulo; “Emergency treatment of primary headache”, com Dr. Robert Cowan, dos Estados Unidos. As conferências serão seguidas por uma sessão de “stand-up” denominada “Minha história”, pelo Dr. Claudio Manoel Brito, do Rio de Janeiro.

Segundo dia – 4 de setembro

A manhã do segundo dia começa com o tema “Cefaleia na infância”, com as palestras “Cefaleias agudas refratárias ao tratamento”, ministrada pela Dra. Liselotte Menke Barea, do Rio Grande do Sul, “Cefaleias e desempenho escolar”, com o Dr. Marco Antônio Arruda, “Migranea e distúrbios vestibulares”, com a Dra. Thaís Rodrigues Villa, “Migrânea crônica em crianças e adolescentes”, com o Dr. Sandro Blasi Espósito, e “Pseudo-cefaleia em crianças (Somatoforme/Munchausen): quando suspeitar e como diagnosticar”, com Dr. Abram Topczewski – todos de São Paulo. Em seguida terá a “Sessão Controvérsia”, com os médicos Dr. José Geraldo Speciali e a Dra. Eliana Meire Melhado abordando a propriedade ou não de bloqueios cervicais nas cefaleias primárias, e, na sequência, nova sessão como o Dr. Jayme Antunes Macial Junior, de São Paulo, abordando cefaleia na idade antiga e na idade média e, após palestra com o Dr. Elcio Piovesan. Ainda pela manhã, ocorrerá o Simpósio Hypermarcas.

No período da tarde, o assunto será “O microcosmo das cefaleias”, discutidas nas aulas “Endotélio e micropartículas circulantes na migrânea – qual o seu significado?”, com a Dr. Maurice Borges Vincent, do Rio de Janeiro, “Os estabilizadores endoteliais podem prevenir migrânea e o AVC?”, com o Dr. João José de Freitas Carvalho, do Ceará, “Disfunções cognitivas durante a crise de migrânea e suas consequências”, com a Dra. Fabíola Dach Éckeli, de São Paulo e “NGF nas cefaleias e em outras condições dolorosas”, com o paulista Dr. Leandro Cortoni Calia.

As sessões internacionais ocorrem a partir das 15h, com os temas “The role of technology in the dignsosis and management of headaches”, com o Americano Robert Cowan, “My view in the pathophysiology of migraine”, com o sueco Dr. Lars Edvinsson e “Tratar migraña sin medicamentos”, com o argentino Dr. Federico Buanonotte. Para finalizar o segundo dia, será debatido “O crânio, a face, o pescoço: o Capítulo 11 da versão IHS-Beta 2013”, nas palestras “Distinguindo as cefaleias trigemino-autonomicas das dores orofaciais”, com a carioca Dra. Maria Eduarda Nobre, “Truques dos dentistas que os cefaliatras deveriam saber”, com o mineiro Dr. Ricardo Tanus Valle, “Dores faciais idiopáticas persistentes: o inferno do cefaliatra?”, com o paulista Dr. José Geraldo Speciali e “Cervicalgias atípicas: o que podem ser e o que podemos fazer?”, com o gaúcho Dr. Fernando Kowacs. A partir das 17h50, ocorrerá o Simpósio “Cefaleia e Vinho”, com o enólogo Guilherme Barbosa e com o Dr. Abouch Valenty Krymchantowakski.

Terceiro dia – 5 de setembro

O último dia de evento conta com a mesa redonda “Terapia em cefaleia”, trazendo os temas “Nutracêutica”, com o médico Dra. Elder Machado Sarmento, do Rio de Janeiro, “Biofeedback e outras técnicas”, com a Neuropsicóloga Samanta Fabrício Blattes da Rocha, do Paraná, “O tratamento profilático multi-alvo”, com a Dra. Carla Cunha Jevoux, do Rio de Janeiro, “O tratamento da crise multialvo: analgésicos combinados”, com o Dr. Henrique Carneiro de Campos, de Minas Gerais, e “O tratamento da crise multialvo: triptanos e AINH”, com o também mineiro, Dr. Mauro Eduardo Jurno.

Ainda pela manhã, os congressistas poderão debater sobre “Tratando a cefaleia tipo tensional e dor miofascial”, com o goiano Dr. Paulo Sérgio Faria, “Neuromodulação petiférica”, com o paranaense Dr. Alexandre Novicki Francisco, “Olhos nos olhos: as dores de cabeça oculares”, com o Dr. Raimundo Silva Neto, do Piauí e “Cefaleia nas doenças desmielinizantes do sistema nervoso central”, com a Dra. Yara Fragoso, de São Paulo. Ao meio-dia, haverá um Simposio de Cefaleias comandado pelo Instituto de Neurologia de Curitiba.

A tarde, ocorre a apresentação dos pôsteres e as palestras “Armadilhas e pérolas no atendimento ao paciente com cefaleia”, com a Dra. Ida Fortini, de São Paulo, “Pseudotumor cerebral: aspectos atuais”, com o Dr. Deuzvenir de Souza Carvalho, também de São Paulo, e “Cefaleias e artes plásticas”, ministrado pelo Dr. Djacir Dantas de Macedo, do Rio Grande do Norte. Os temas fazem parte da mesa redonda “A aula que eu sempre quis dar”, que tem coordenação do Dr. Luiz Paulo Queiroz, de Santa Catarina. Para finalizar o evento, os congressistas serão convidados a participar da festa de encerramento e premiação dos trabalhos científicos.

Serviço:

O XXIX Congresso Brasileiro de Cefaleia e o X Congresso de Dor Orofacial ocorrem entre os dias 3 e 5 de setembro, no Teatro Fernanda Montenegro, localizado no Shopping Novo Batel, em Curitiba. As inscrições já estão abertas para profissionais da área. Os preços variam de R$ 240,00 a R$ 530,00. Mais informações pelo site: www.congressocefaleia.com.br .

Fonte: SEGS
 


Últimas Notícias 
20/07/2017
» Brazil Promotion reúne produtos e serviços para ajudar empresas a aumentarem suas vendas e fidelizar clientes
20/07/2017
» Marintec South America: indústria naval e offshore tem esperanças renovadas
20/07/2017
» Definidas instituições que receberão estudantes brasileiros no Reino Unido
20/07/2017
» Efapi 2017 terá intervenções artísticas de talentos locais
20/07/2017
» A programação completa do 2°Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio acaba de ser divulgada
mais...
  buscar notícias: