Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
01/09/2015
Fenasucro & Agrocana destaca cogeração de energia e soluções para a cadeia produtiva da cana-de-açúcar

90 horas de palestras, conferências e seminários também foram destaques da edição 2015, que aconteceu entre os dias 25 e 28 de agosto; Feira também promoveu rodadas de negócios que envolveram empresas líderes do mercado e os principais compradores do Brasil e de mais 30 países

A cogeração de energia e as soluções para a cadeia produtiva da cana-de-açúcar foram os principais destaques da 23ª Fenasucro & Agrocana (Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética), realizada entre os dias 25 e 28 de agosto, no Centro de Exposições Zanini, em Sertãozinho (SP). O evento, que reuniu mais de 1.000 marcas, promoveu mais de 90 horas de programação no Espaço de Conferências com palestras, conferências e seminários com especialistas do setor possibilitando o debate de tendências, cenários e a qualificação profissional e técnica. As rodadas de negócios nacionais e internacionais trouxeram à feira as principais empresas do segmento, compradores brasileiros e de mais 30 países como África do Sul, Argentina, Bolívia, Canadá, Colômbia, Cuba, Estados Unidos, Holanda, Honduras, Nicarágua, Paraguai e Peru, entre outros.

Na feira, a geração de energia limpa, partindo do bagaço da cana-de-açúcar, foi um dos principais rumos apontados para a retomada do setor, tornando-se uma alternativa ao Brasil que se encontra diante de uma crise hídrica. Assim, muitos expositores apresentaram o conceito da solução Retrofit, um processo de modernização proposto às usinas que melhora a eficiência das plantas industriais, tornando-as mais competitivas na produção de etanol, açúcar e energia elétrica.

Entre os destaques, a Zanini Renk apresentou soluções como o Turbomax 2.0 (turborredutor) e o Pentamax 2.0 acoplado ao Checkmax (redutor planetário com sistema de monitoramento). Durante a Fenasucro & Agrocana 2015, a empresa fechou vários negócios, entre eles, a venda de uma unidade de redutores planetários rolo a rolo Flex Max 2.0 para a Usina Conquista do Pontal, do Grupo Odebrecht Agroindustrial. De acordo com o CEO da empresa, Mauro Cardoso, o equipamento foi lançado na edição 2014 da feira e aprimorado ao longo do ano. "Além dos equipamentos nós fechamos também o contrato de manutenção e serviços a longo prazo o que garante maio vida útil ao redutor", finaliza.

A Sergomel trouxe como lançamento o Tritrem Florestal para o transporte de madeiras, que otimiza o tempo de transporte, reduz o desgaste e manutenção rotineiras. De acordo com o diretor comercial Wagner Laércio Gomes, a Fenasucro & Agrocana 2015 atendeu as expectativas da empresa. "Tivemos alguns orçamentos previstos que, se concluídos, somarão R$ 10 milhões de reais. Em média, podemos mensurar cerca de 50 visitantes ao dia em nosso estande que vêm para conhecer nossos diferenciais", diz.

Já a Valmet apresentou a Caldeira Hybex com a tecnologia BFB (Leito Fluidizado Borbulhante), reduzindo os custos com paradas não planejadas de reparo, além de eficiência de combustão de mais de 99%. "Essa caldeira está presente em mais de 200 projetos de cogeração de energia", afirma Ricardo Valle, gerente de vendas.

A TGM apresentou a Turbina de Fluxo Axial, como grande destaque de inovação e alta eficiência, que utiliza instalações mais compactas, reduz os custos das obras civis e também atende as necessidades das indústrias do segmento de papel e celulose.

Para o gerente comercial Mauro Moratelli, a edição 2015 superou as expectativas da empresa. "O público que nos visita está disposto a conhecer nossos produtos, bem como as novidades da empresa. Fechamos importantes negócios na Fenasucro & Agrocana. A feira nos trouxe uma visibilidade muito grande. Cerca de 250 pessoas visitaram a TGM por dia", diz.

Debates e qualificação profissional

O Espaço de Conferências da Fenasucro & Agrocana é o maior ponto de difusão de informação e conhecimento do setor, compreendendo novas visões à gestão dos negócios. O balanço parcial aponta que 1.500 pessoas passaram pelos eventos de conteúdo que totalizaram 90 horas de programação. O Espaço ainda foi o cenário de anúncios para medidas ao setor, recebendo o vice-governador de São Paulo, Márcio França, que anunciou a destinação de cerca R$ 3 milhões para a segunda etapa do projeto de suporte tecnológico das empresas do Aglomerado Produtivo de Metal-Mecânico de Sertãozinho e Região.

Já no V Seminário CEISE Br/Unica sobre Bioeletricidade (Bioenergy Conference) o secretário de Energia do Estado de São Paulo, João Carlos de Souza Meirelles, assinou protocolo que viabiliza a distribuição de gás biometano, produzido por meio da vinhaça, para a região onde está localizada a Usina Malosso, impactando as cidades de Itápolis e Catanduva. Demais autoridades políticas como o ministro de Ciência, Inovação e Tecnologia, Aldo Rebelo, e o Secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, também participaram dos eventos realizados na Fenasucro & Agrocana.

Perspectivas de mercado, comércio internacional, safras futuras e questões atuais dos segmentos de açúcar e etanol, reunindo autoridades da indústria da cana do Brasil e do exterior, foram os principais temas discutidos no Espaço de Conferências.

Rodadas de negócios superam 500 reuniões

Focada em negócios, a Fenasucro & Agrocana também foi movimentada pelas rodadas de negócios. Compradores brasileiros com poder de decisão e expositores se reuniram no Premium Club Plus, organizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado. De acordo com o balanço parcial, nesta edição da feira, o objetivo de geração de negócios foi atingido.

No estande da APLA/APEX, onde aconteceram as rodadas de negócios internacionais, os resultados parciais já superam o volume de negócios de 2014. O balanço parcial conta com 535 reuniões realizadas, envolvendo 63 brasileiros e 38 estrangeiros, entre compradores e fornecedores, de países como África do Sul, Argentina, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Honduras, México, Nicarágua, Paraguai, Peru e Sudão. "Ainda temos negócios para serem fechados até o final da feira, que serão em longo prazo, mas essa edição superou nossas expectativas", afirma Flávio Castelar, diretor executivo da APLA (Arranjo Produtivo Local do Álcool).

De acordo com os organizadores, os resultados parciais do evento, envolvendo o volume de visitantes e de negócios, correspondem ao previsto. O balanço oficial da 23ª Fenasucro e Agrocana deve ser concluído até a próxima quarta-feira (02/09). Para o Diretor de Portfólio de Energia da Reed Exhibitons Alcantara Machado, Igor Tavares, a Fenasucro & Agrocana 2015 atingiu o objetivo em apresentar novidades e tecnologias, além de importantes rumos para o setor sucroenergético. "A questão da cogeração foi bastante explorada, demonstrando o quanto essa alternativa tem se estabelecido como uma das estratégias para a retomada do setor", aponta o diretor.

Segundo o presidente do CEISE Br, Antonio Eduardo Tonielo Filho, a movimentação e os contatos com expositores e visitantes demonstram que a feira cumpriu sua finalidade que é de fomentar negócios, sendo a maior mostra de tecnologia e inovação do setor sucroenergético do mundo. "A presença de autoridades, em especial do vice-governador do estado de São Paulo e secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Márcio França, e do secretário de Estado de Energia, João Carlos Meirelles, trouxeram novos ares quanto à perspectiva de retomada do setor. O repasse de R$ 3 milhões do governo de São Paulo - para investimentos em inovações na indústria de bens e serviços do setor sucroenergético -, ao polo industrial de Sertãozinho, anunciado pelo vice-governador; e o lançamento do Programa SP na Rede Elétrica feito pelo secretário de Energia; e mais o recente anúncio do governo federal da destinação de R$ 186 bilhões para geração e transmissão de energia elétrica, nos apontam novas perspectivas para o setor. Só esperamos que se viabilizem no curto prazo", conclui.

Sobre a Fenasucro & Agrocana 2015

A 23ª edição da Fenasucro & Agrocana aconteceu de 25 a 28 de agosto, nos pavilhões do Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho/SP. Integrando o calendário mundial de eventos de energia da Reed Exhibitions Alcântara Machado, a feira reúne os líderes do mercado e seus principais compradores vindos de todo o Brasil e de mais 50 países. Neste ano, a expectativa é receber mais de 33 mil visitantes/compradores.

Com foco em negócios, a Fenasucro & Agrocana estará dividida em cinco grandes setores: Agrícola, Fornecedores Industriais (pequenos, médios e grandes fornecedores de equipamentos, suprimentos e serviços industriais), Processos Industriais (vitrine do que há de mais moderno em tecnologias, máquinas, equipamentos e serviços para a indústria), Transporte e Logística e Energia.

Edição 2016

24ª Fenasucro & Agrocana
Data: de 23 a 26 de agosto de 2016
Local: Centro de Eventos Zanini - Sertãozinho/SP
Site: www.fenasucro.com.br

Fonte: Maxpress
 


Últimas Notícias 
24/11/2017
» UBM Brazil e Abimaq firmam parceria estratégica para a Intermodal South America
24/11/2017
» Katsuhiro Harada, diretor de Tekken, é o primeiro convidado internacional confirmado para a Brasil Game Show 2018
24/11/2017
» Gastos de estrangeiros crescem 6,69% em outubro
24/11/2017
» Autores confirmados para a 18ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão
24/11/2017
» Pequenos Negócios geraram 463 mil empregos no ano
mais...
  buscar notícias: