Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
14/09/2015
No Congresso Brasileiro de Sementes 2015 a Embrapa apresenta sua contribuição para este mercado

Quem comparecer ao XIX Congresso Brasileiro de Sementes que começa nesta segunda-feira, dia 14 e vai até o dia 17 de setembro, em Foz do Iguaçu (PR), vai encontrar um histórico sobre o processo evolutivo da semente no estande da Embrapa no show room tecnológico do evento. Sob a coordenação da Embrapa Produtos e Mercado, a exposição mostra em ordem cronológica, a contribuição da Embrapa, tanto no desenvolvimento da genética, como na evolução dos sistemas de produção e sustentabilidade.

Na exposição da linha do tempo o visitante vai encontrar informações sobre a cultivar de arroz BR/IRGA 409, primeira cultivar semi-anã, que deu origem às cultivares de arroz irrigado com alto rendimento de grãos no Rio Grande do Sul (1979); a primeira cultivar de soja adaptada para o bioma cerrado que recebeu o nome de Doko (1980); a tecnologia de fixação biológica de nitrogênio (1980); a cenoura Brasília, primeira cultivar de verão e que deu origem ao desenvolvimento de diversas cultivares que estão no mercado atualmente (1981); o Teste Tetrazólio, que permite conhecer a viabilidade e o vigor da semente com as interferências do processo de infecção causado por patógenos; o Teste de Patologia de sementes que identifica os principais fungos que interferem no teste padrão de germinação das sementes (1984) e do mesmo ano a Brachiaria brizantha Marandu que tem excelente produção de sementes, bom valor nutritivo, alto potencial produtivo e boa resposta à aplicação de adubo.

Anos 1990

E assim chegamos ao ano de 1990 com a cultivar Tanzânia-1 forrageira Panicum maximum que se destaca das demais disponíveis no mercado pela produção foliar 80% maior, superioridade em 30% a 40% na produtividade de sementes, além de promover ganho de peso/ha/ano 15% maior. É o primeiro resultado do convênio da Embrapa com o Institut de Recherche pour le Développement (IRD), instituição de pesquisa em ciência e tecnologia da França.

São diversas as contribuições que as instituições de pesquisa, de um modo geral e a Embrapa em especial desenvolveram para a agricultura atingir o patamar em que se encontra atualmente no país. Para falar de mais algumas sementes que fizeram história no desenvolvimento da agricultura do país temos o feijão Pérola, lançado em 1994, que foi um divisor de águas no que se refere à qualidade de grãos de feijão do grupo comercial carioca, sua principal característica é a alta tolerância às principais doenças de solo que atacam a cultura do feijoeiro comum. Em 1997 uma cultivar de arroz se destaca por sua excelente qualidade de grãos e excepcionais características culinárias, a cultivar BRS Primavera.

Anos 2000

Em 2001 uma nova cultivar de Panicum maximum de porte baixo, tolerante a solos de baixa fertilidade com excelente produtividade de forragem e alta velocidade de rebrota, a BRS Massai é lançada com recomendação para pequenos ruminantes.

Tendo como marco inicial o ano de 2002 a empresa começou a disponibilizar no mercado algumas cultivares selecionadas de trigo de duplo propósito que reúnem características como, vigor de rebrote, resistência ao pisoteio, maior perfilhamento e enraizamento que são a BRS Figueira, BRS Umbu, BRS Guatambu e BRS Tarumã, esta de grande sucesso no Rio Grande do Sul, onde ocupa 10% da área de trigo, produzindo até 4.500 kg/ha de grãos com qualidade industrial semelhante ao trigo importado.

Em 2004 foi a vez do feijão-caupi BRS Guariba primeira cultivar de porte ereto e grande responsável pela expansão do cultivo do feijão-caupi na região centro-oeste, sendo também a primeira a ser exportada, abrindo mercado em vários países asiáticos e europeus. A BRS ValiosaRR, cultivar de soja tolerante ao herbicida glifosato com resistência aos nematoides de galha, surge em 2005.

No ano seguinte a Brachiaria brizantha BRS Piatã é adaptada a solos de média e boa fertilidade das zonas tropicais brasileiras. As qualidades da cultivar foram comprovadas para diversas regiões pecuárias do Brasil central, mostrando-se semelhante ou superior aos capins marandu e xaraés, além de ser resistente às cigarrinhas das pastagens e obter vantagens de produção e valor nutricional, adubação verde e recuperação de pastagens degradadas. Com alto potencial para alimentação animal adubação verde e recuperação de pastagens degradadas a BRS Mandarim (Cajanus cajan) surge em 2007.

Em 2008 e 2009 o mercado de cevada cervejeira ganha cultivares competitivas com as importadas quando a Embrapa lançou as BRS Cauê, BRS Elis e BRS Brau, com uma produtividade de 9.000 quilos por hectare, que só tem concorrentes na França e Inglaterra.

Em 2010 foi lançada a primeira cultivar de arroz híbrido recomendada para cultivo no Rio Grande do Sul, a BRS CIRAD 302 e, em 2012, o arroz BRS Esmeralda, cultivar de ampla adaptação e estabilidade de cultivo nas principais regiões produtoras do Brasil.

Em 2013, a Embrapa colocou no mercado a cultivar de trigo de grande sucesso entre os produtores e a indústria, o BRS Parrudo, que apresenta, em sua genética, um conjunto de características agronômicas como bom rendimento de lavoura, porte baixo, boa resistência ao acamamento, vigoroso sistema radicular e crescimento inicial rápido, além de grãos duros, vermelhos e vítreos, com ausência de grãos mosqueados e farinha de elevada força de glúten.

Em 2014, foi lançado o feijão com a melhor qualidade de grãos do grupo comercial preto o BRS Esteio, com potencial produtivo 8% superior à média de outros feijões e alta tolerância à antracnose.

Para fechar a exposição da linha do tempo, a BRS Tamani primeiro híbrido de Panicum maximum da Embrapa, lançado este ano. De porte baixo, resistente à cigarrinha das pastagens e alta produtividade e valor nutritivo. Indicada para engorda de gado bovino, principalmente no Bioma Cerrado.

Lançamento de publicação

O livro Manejo Integrado de Pragas de Grãos e Sementes Armazenadas, editado pela Embrapa, tem o objetivo de integrar procedimentos e técnicas para o controle de pragas em unidades armazenadoras de grãos ou de beneficiamento de sementes. A importância da publicação pode ser avaliada na medida em que na safra 2014/15, o Brasil produziu 208 milhões de toneladas de grãos, no entanto, a perda média dessa produção, devido a pragas nas unidades armazenadoras é estimada em 10%, segundo levantamentos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A publicação é de autoria de Irineu Lorini, Francisco Krzyzanowski, José de Barros França Neto, Ademir Hennig e Fernando Henning e será comercializada no estande da Embrapa, durante o Congresso. Ela também pode ser adquirida no Setor de Publicações da Embrapa Soja pelo e-mail: cnpso.vendas@embrapa.br/ ou pelo telefone (43) 3371-6119.

Sobre o Congresso

Realizado desde 1979, o CBSementes é o maior evento da área, reconhecido dentro e fora do país. Reúne técnicos, produtores, empresários, pesquisadores, docentes e estudantes de graduação e pós-graduação vinculados ao setor de sementes, além das principais empresas do setor. Nesta edição, são esperados mais de 1.500 participantes.

O CBSementes tem como tema “A semente e a evolução tecnológica para os sistemas de produção”. Serão realizados durante o Congresso o XIII Simpósio Brasileiro de Patologia de Sementes, o VIII Simpósio Brasileiro de Tecnologia de Sementes Florestais e o II Simpósio Brasileiro de Sementes de Espécies Forrageiras.

A programação técnica e científica traz palestrantes de prestígio internacional, com apresentação de painéis, sessões pôster, além de lançamento de livros. A Embrapa participa também em palestras técnicas do evento. Veja a programação completa em: cbsementes.com.br/index.php/programacao.

Serviço:

Evento: XIX Congresso Brasileiro de Sementes.
Data: 14 a 17 de setembro de 2015.
Horário: 8h00 às 18h00.
Local: Hotel Rafain Palace - Av. Olimpio Rafagnin, 2357 Parque Imperatriz, Foz do Iguaçu (PR).

Fonte: Assessoria de Imprensa
 


Últimas Notícias 
17/01/2018
» Intermodal vem com novidades em 2018
17/01/2018
» Campus Party 2018 terá espaço exclusivo dedicado ao relaxamento e cuidados com a mente e o corpo
17/01/2018
» Expoingá: Feira Internacional de Artesanato trará difusão de culturas singulares
17/01/2018
» Governador abre 27º Salão do Artesanato da Paraíba nesta quarta-feira
17/01/2018
» Brasil apresenta oportunidades de investimentos em hotelaria e parques em encontro na Espanha
mais...
  buscar notícias:
 
 
Feiras 2019, Feiras 2018, Feiras 2017, Feiras Industriais, Feiras do Brasil, Feiras e Eventos, Feiras e Congressos, Feiras no Brasil, Feiras Brasil, Calendário de Feiras, Calendário Feiras do Brasil, Feiras, Feiras 2019 SP, Feiras 2019 São Paulo, Feiras 2018 SP, Feiras 2018 São Paulo, Eventos SP, Eventos São Paulo, Feiras Anhembi, Feiras Expo Center Norte, São Paulo Expo, Calendário 2019, Calendário 2018, Calendário 2017, Eventos 2019, Eventos 2018, Eventos 2017, Congressos 2019, Congressos 2018, Congressos 2017, Turismo de Negócios, Agenda de Eventos, Agenda de Feiras, Agenda de Exposições, Exposição Agropecuária, Eventos Empresariais, Expo 2019, Expo 2018, Expo 2017, Expo Center Norte, Anhembi Parque, Transamérica Expo Center, Riocentro, Centro de Eventos Pro Magno, Bienal do Ibirapuera, Centro de Convenções Frei Caneca, NFeiras, feiras 2019 brasil, feiras 2018 brasil, calendário brasileiro de exposições e feiras 2019, calendário brasileiro de exposições e feiras 2018, feiras 2019 sp, feiras 2018 sp, calendario de feiras em sp 2019, calendario de feiras 2019, calendário de feiras e eventos 2019, calendario de feiras 2019 brasil, calendario de feiras em sp 2018, calendario de feiras 2018, calendário de feiras e eventos 2018, calendario de feiras 2018 brasil, calendário brasileiro de exposições e feiras, Feiras em 2019, Principais feiras realizadas em 2019, Acesse as feiras que se realizam em 2019, Feiras em 2018, Principais feiras realizadas em 2018, Acesse as feiras que se realizam em 2019, Acesse as feiras que se realizam em 2018, Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras, Exposições e Feiras, Expofeiras, Sistema de Gerenciamento de Exposições e Feiras, Eventos & Feiras, Feiras & Negócios, Feiras & Congressos, Calendário das Principais Feiras de Negócios do Brasil 2019, Calendário das Principais Feiras de Negócios do Brasil 2018, Calendário de Eventos, Sistema de Exposições e Feiras, Feiras em Brasil. Calendário de feiras em Brasil, Calendário de Feiras SP 2019, Calendário de Feiras SP 2018, Calendário Brasileiro de Feiras e Eventos, feiras e eventos empresariais, feiras de negócios e eventos empresariais