Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil: a mais completa e atualizada informação sobre o mercado de feiras
 
 
Destaques & Notícias
 
Notícias Online
 

27/03/2018
Fórum debate ampliação do comércio Brasil-países árabes no dia 2 de abril em São Paulo (SP)

Com objetivo de discutir a ampliação das relações comerciais entre o Brasil e o quarto maior destino dos produtos brasileiros no exterior, o mundo árabe, a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, em parceria com a União das Câmaras Árabes e apoio da Liga dos Estados Árabes, promove no dia 2 de abril, em São Paulo, o Fórum Econômico Brasil-Países Árabes.

O evento, que tem como tema Construindo o Futuro, está organizado em seis painéis temáticos dos quais vão participar autoridades, agência de fomento e especialistas, que vão falar sobre incentivos, políticas de investimento e oportunidades que podem ser aproveitadas por empresas e organizações das duas regiões.

De acordo com o presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, há sinergias ainda a serem exploradas. Os árabes já veem o Brasil como um importante fornecedor de alimentos e recentemente têm buscado oportunidades de investimento nas áreas de segurança alimentar e infraestrutura.

Entre as iniciativas nesse sentido mais recentes estão a aquisição de participação do fundo saudita SALIC no frigorífico Minerva e os aportes da DPWorld de Dubai em terminais portuários em Santos por meio da Embraport.

O Brasil, embora já exporte aproximadamente US$ 10 bilhões em alimentos para os 22 países da Liga Árabe, pode ampliar o comércio de produtos alimentícios e também os de outras áreas. "No caso dos alimentos, atendemos somente 10% da demanda dos países árabes. Em relação às carnes, apenas 20%. Portanto há muito espaço para crescer, principalmente com alimentos de valor agregado", diz Hannun.

Há oportunidades em áreas como construção civil, finanças e energia renovável. Além dessas, áreas como segurança alimentar, logística, inovação, turismo, tecnologia, investimentos, e energia renovável estão entre as de maior potencial e serão abordadas nos painéis do evento.

Em energia renovável, por exemplo, Hannun destaca que os países árabes embora sejam grandes produtores de petróleo, sabem que o recurso é finito e já deram início à substituição de fontes poluentes por energia limpa. "Emirados Árabes e Arábia Saudita estão entre os governos que incentivam a construção de cidades verdes em seus territórios", afirma.

Sobre a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes, incrementando intercâmbios culturais e turísticos entre árabes e brasileiros. A entidade oferece diversos serviços de apoio ao comércio bilateral, como certificação de documentos, informações sobre mercados, traduções, eventos e workshops. Disponibiliza, também, o Espaço do Conhecimento Comercial, um centro de referência para pesquisas das relações entre o Brasil e os países árabes.


Fonte: Assessoria de Imprensa
 
 


Últimas Notícias 
26/10/2020
» Concrete Show Xperience: evento 100% online é aposta para conectar o setor da construção
26/10/2020
» Zero Grau: empresas engrossam mix de lançamentos em primeira feira presencial na retomada do setor calçadista
26/10/2020
» Embrapa lança IX Congresso Brasileiro de Soja e Mercosoja 2021
26/10/2020
» Feira do Empreendedor do Sebrae está com inscrições abertas
26/10/2020
» 1ª Conferência da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica acontece de 16 a 19 de novembro
mais...
  buscar notícias: