Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil: a mais completa e atualizada informação sobre o mercado de feiras
 
 
Destaques & Notícias
 
Notícias Online
 

19/04/2018
2º TereÔxente movimenta Terezópolis de 26 a 29 de abril

Festival valoriza a cultura, tradições e a gastronomia típica do Nordeste

Baião de dois, ou de três, buchada de bode, carne serenada, achadinho de camarão, tapioca de vários sabores e acarajé. Já pensou tudo isso e muito mais em um só lugar? No TereÔxente tem e o visitante pode saborear as delícias da culinária típica do Nordeste ao som do forró na praça da Matriz de Terezópolis durante o 2º TereÔxente, -Festival Gastronômico de 26 a 29 de abril (quinta a domingo).

O evento é uma realização da prefeitura municipal de Terezópolis, com apoio de parceiros. O prefeito Francisco Alves Júnior-Juninho esclarece que o projeto TereÔxente foi criado com o objetivo de promover a cultura nordestina com arte, música e gastronomia e integra o Circuito dos Festivais Gastronômicos de Goiás. “Contabilizamos bons resultados com o TereÔxente e estamos otimistas com a realização da segunda edição. Além de promover as tradições de nossa gente, o evento movimenta o turismo e aquece a economia da região", garante Juninho. Terezópolis fica na região metropolitana de Goiânia, a 30 quilômetros da capital e tem cerca de 8 mil moradores. A maioria dos habitantes é de origem nordestina, por isso a referência à culinária regional. O Festival faz parte das comemorações do aniversário de 26 anos do município.

São quatro dias de muita festa e mesa farta com apresentações de dança de grupos folclóricos formados por estudantes das escolas públicas da cidade e claro muito forró, xaxado, maracatu e baião. Destaque para o arretado cardápio com 20 pratos que serão ofertados pelos seguintes restaurantes com adesão ao festival: Ação social Ôxente, Brioso e Manhoso, Trilha do Açai da Fazenda Santa Branca, Paraíbas da Feira e Pastel do Acre, SaborTerê, Espetinho da Praça e Empório Brito. Na bodega o visitante vai encontrar farinha de mandioca, polvilho, rapadura, queijo, requeijão e uma infinidade de doces e quitutes variados. A chef de cozinha Mariana Rodrigues, professora do IGA é a orientadora dos restaurantes do festival com o apoio também da coordenadora do curso de gastronomia da PUC-GO, Cris Souza.

Artesanato e cordel

O artesanato produzido por artistas locais também terá lugar de destaque e estará à venda em estande no festival. Além de decorar a área do evento com ícones do folclore nordestino as peças serão comercializadas, um exemplo é o chapéu do Lampião, campeão de venda no ano passado e que virou símbolo do TereÔxente. Esse ano os bonecos do Lampião e Maria Bonita, casal emblemático da cultura nordestina, estão sendo confeccionados com muito esmero, chegam inovados e também prometem boas vendas. As vestimentas ganharam novos adereços. No lugar das munições, surgiram as rosas, numa mensagem de amor e paz para a humanidade. A capanga que o cangaceiro sempre carregava cheia de balas agora vem ostentando flores.

Os estudantes das redes municipal e estadual continuam envolvidos na produção de cordel. Durante o evento, um livro de poemas, resultado da produção feita na primeira edição do TereÔxente, será lançado e autografado por alunos que trabalharam nos quesitos da Literatura de Cordel, um tipo de poema popular escrito de forma rimada com ilustrações, uma tradição do Nordeste. Alunos do colégio Estadual Professor Alfredo Nasser também se envolveram no projeto com uma performance na temática, e prometem bela surpresa.

Cozinha Show

Um dos momentos mais esperados do festival é a Cozinha Show com o tema: Acarajé no Tabuleiro da Baiana com uma conversa empreendedora, recheada de bons negócios, que acontece com o apoio do Sebrae-GO, parceiro do projeto. A cozinha show será feita pela presidente da Associação Nacional das Baianas do Acarajé, Mingau, Receptivos e Similares de Salvador, Bahia (Abam), Rita Maria Ventura dos Santos que estará acompanhada de Noelia Pires da Silva, integrante da Associação. As baianas do Acarajé de Salvador vão executar a receita mostrando para o público presente, como se faz o delicioso quitute nordestino que é sucesso nacional. Recentemente as baianas do Acarajé de Salvador estiveram em Terezópolis ministrando uma oficina para os representantes dos restaurantes com adesão ao Festival.

Serviço

2º TereÔxente- Festival Gastronômico de Terezópolis, Comida e Arte Nordestina
Dias: 26 a 29 de abril (quinta a domingo) das 19 a zero hora
Local: Praça da Matriz-Terezópolis - 30km de Goiânia na BR-153
Informações Turísticas: 62 99293 9372


Fonte: Sebrae-GO
 
 


Últimas Notícias 
30/10/2020
» IntegrAbit: conferência internacional abordará caminhos da moda
30/10/2020
» Renato Borghetti e artistas locais encerram circuito de shows do ‘Fenavinho Virtual’
30/10/2020
» Começa nesta sexta o projeto “Janelas Casacor Minas Gerais”
30/10/2020
» Comex Digital Talk, evento digital e gratuito para o mercado de Comércio Exterior chega em sua 2ª edição
30/10/2020
» Retomada da indústria de bares e bebidas: visitantes de quase 80 países no Global Bar Week
mais...
  buscar notícias: