Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil: a mais completa e atualizada informação sobre o mercado de feiras
 
 
Destaques & Notícias
 
Notícias Online
 

09/05/2018
Interleite Sul 2018: Inicia em Chapecó o maior evento sulbrasileiro do setor leiteiro

Evento reunirá 23 palestrantes e cerca de 800 participantes

Chapecó recebe nesta quarta-feira (09), o maior evento sulbrasileiro do setor leiteiro: o Interleite Sul 2018. O evento, que segue até a quinta-feira (10), traz em sua programação uma extensa lista de profissionais renomados para debater o que de mais atual existe no mercado do leite. A iniciativa, promovida pela AgriPoint, terá 23 palestras com a participação de aproximadamente 800 pessoas. A abertura oficial está marcada para as 9h30 no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

O evento é voltado para empresários, produtores rurais, técnicos, consultores, laticínios, membros do governo e pesquisadores envolvidos com políticas públicas para o leite e estudantes. Discutirá aspectos essenciais para o desenvolvimento da cadeia produtiva do leite na região Sul do País.

“Abordaremos casos de sucesso, gestão, sistemas de produção e tecnologia aplicada, relação entre produtores e indústrias, tendências de mercado e competitividade do setor”, explica o fundador da AgriPoint e organizador do evento, Marcelo Pereira de Carvalho.

O Interleite Sul 2018 parte do princípio de que existe um processo de transformação, em que o Sul do País é um dos grandes protagonistas. “Nossa visão é que o Interleite Sul seja o fórum permanente de discussões dessas mudanças, sendo o epicentro do processo de divulgação de informações e de discussões e debates que, em última análise, continuarão a transformar o leite da região em direção a um modelo de grande eficiência técnica, social e econômica”, complementa o coordenador.

Programação

A programação será dividida em painéis. O primeiro abordará o tema “Mercado e organização da cadeia do leite”, nesta quarta-feira (9), às 10 horas. Cinco palestrantes terão 20 minutos cada para explanar sobre diversos aspectos do tema principal. Glauco Rodrigues Carvalho, pesquisador da Embrapa Gado de Leite será o primeiro a falar e explanará sobre “A competitividade do leite brasileiro: o que não estamos olhando?”.

Na sequência, Craig Bell, sócio da Leitíssimo, falará sobre “Oportunidades que o Brasil tem para ser competitivo e não aproveita como deveria”. “O papel e a visão da indústria de laticínios” será o tema abordado por Marcelo Costa Martins da Viva Lácteos. O coordenador da Aliança Sul Láctea Ronei Volpi falará sobre “A Aliança Sul Láctea: agenda de competitividade para o leite do Sul do País”.

O fundador da AgriPoint Marcelo Pereira de Carvalho abordará o tema “É possível termos uma relação melhor coordenada entre produtores e indústria? Uma análise da situação atual e possíveis caminhos”. Encerrando o primeiro painel os questionamentos e debate com o público serão moderados pelo sócio da MilkPoint Mercado Valter Galan.

No período vespertino da quarta-feira, a partir das 14 horas, o segundo painel terá como temática central a “Excelência no Compost Barn”. Ana Luiza Bachmann Shogor da Udesc de Chapecó comentará sobre “A movimentação em direção ao confinamento via compost barn: números e constatações”. Eduardo Pinheiro da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo explanará sobre “Manejo da cama em compost barn: como não errar?”.

O painel 3, “A transformação do leite no Sul do País”, terá como palestrante Christiano Nascif da Labor Rural que falará sobre “Terceirização da atividade como forma de otimizar a propriedade familiar e ganhar eficiência”. O tema “Obtendo o melhor resultado possível a partir da intensificação das pastagens no Sul do País” será comentado por Renato Serena Fontaneli da Embrapa Trigo de Passo Fundo/RS. A “Gestão de pessoas visando o sucesso da atividade” será a temática esclarecida por Márcio Hamm, gerente operacional da Melkstad, de Carambeí/PR.

Quionta-feira

No segundo dia de evento as atividades serão retomadas a partir das 08h15. A “Assistência técnica visando o novo contexto da produção de leite no Sul do País” será o tema principal do painel 4. Jaime Eduardo Ries explicará A visão e os resultados práticos da Emater/RS. Paulo Tadatoshi Hiroki explanará sobre A visão e os resultados práticos da Emater/PR. Sobre A visão e os resultados práticos da Epagri quem comentará será Carlos Mader Fernandes. Herton Lima demonstrará A visão e os resultados práticos do Senar/RS.

O painel 5 terá como foco “Mercado, tecnologia e futuro”. A primeira palestra será às 11h15 com João Pedro Bruno da Syngenta que explanará sobre “+ Produtividade + Qualidade de Silagem = + Leite”. Na sequência, Valter Galan, sócio da MilkPoint Mercado, falará sobre “Tendências para o mercado de leite em 2018”.

A terceira palestra será com o sócio da AgriPoint e organizador do Interleite Sul 2018 Marcelo Pereira de Carvalho que abordará o tema “Produzir leite no futuro: as novas demandas e necessidade contínua de capacitação”. Após as explanações será aberto espaço para questionamento e debate com o público e, posterior, almoço e networking.

O painel 6 abordará “Economia da produção de leite”. Paulo Rafael Lemos Amaral, zootecnista da Cifra Leite de Uberlândia/MG, palestrará sobre “O que os melhores do leite estão conseguindo no Sudeste e Centro-oeste? Quais as razões desse sucesso?”. Na sequência, Wagner Beskow da Transpondo abordará o tema “O que os melhores do leite estão conseguindo no Sul do País? Quais as razões desse sucesso?”.

Serão apresentados cases de sucesso dos produtores rurais Renato Acker de Cândido Godoi (RS), Natieli Aparecida Presa Schleder de Chopinzinho (PR), Sedimar Zanquettin de São Lourenço do Oeste (SC) e de Gelso José Zanotto de Cascavel (PR).

Realização

O evento é uma iniciativa da AgriPoint e tem como patrocinadores diamante a Lac Lélo, Piracanjuba e Syngenta. O patrocínio platina é da Ceva, Hipra – Referência em Prevenção na Saúde Animal, Lely, Orde Milk, Pioneer, Sementes Adriana e Vetoquinol. O apoio é da Mais Leite, Prefeitura de Chapecó, Grupo Apoiar, Viva Lácteos, Transpondo, Sindicato Rural de Chapecó, Udesc, Mundo do Leite, Intecsol, Balde Branco, Agro e Negócios, Chapecó e Região Convention Visitors Bureau e Emater/RS.


Fonte: Assessoria de Imprensa
 
 


Últimas Notícias 
01/06/2020
» Ministério do Turismo empenha R$ 500 milhões para financiar empresas do setor
01/06/2020
» XI Egepe 2020 será realizado online nos dias 29 e 30 de junho
01/06/2020
» Expoleite: diretoria da Capal adia feira para 2021
29/05/2020
» BIG Digital vai mostrar conteúdo inédito de 13 jogos brasileiros
29/05/2020
» Mercoagro 2020 adotará rigoroso protocolo de segurança
mais...
  buscar notícias: