Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil: a mais completa e atualizada informação sobre o mercado de feiras
 
 
Destaques & Notícias
 
Notícias Online
 
Geração de empregos pelos cassinos deve impactar economia brasileira

09/07/2018
Geração de empregos pelos cassinos deve impactar economia brasileira

O Congresso Nacional tem discutido amplamente um projeto de lei que promete trazer mais de R$ 50 bilhões em investimentos e gerar mais de 300 mil empregos no Brasil. Atualmente, mais de 13 milhões de brasileiros estão desempregados. Trata-se da regulamentação dos resorts integrados a cassinos, em conversa liderada pelo Ministério do Turismo. Enquanto o legislativo discute as melhores maneiras para a liberação das apostas no Brasil, grandes grupos - nacionais e internacionais, fazem lobby pela rápida aprovação do projeto dei lei levantando a bandeira da geração de empregos pelos cassinos. Além da promessa de criação de 300 mil novos postos de trabalho, espera-se uma arrecadação de R$ 20 bilhões ao ano com tributações.

Desde 1946 os cassinos são proibidos no Brasil. Porém, no momento, o país parece andar na contramão das melhores práticas globais. Do grupo dos 20 países mais ricos do mundo, 93% deles têm os jogos legalizados. Especula-se que à época da proibição, os principais motivos eram ligados ao conservadorismo religioso. Hoje, de todos os países que proíbem as apostas, apenas Brasil, Cuba e Islândia não são islâmicos.

Exemplo americano inspira

Existem outras preocupações em relação à legalização dos cassinos no Brasil, como o vício e a lavagem de dinheiro. Por isso o Congresso brasileiro mantém a cautela nas tratativas. Por outro lado, exemplos de países com uma legislação rígida e com resultados expressivos no campo do emprego não faltam. O principal deles são os Estados Unidos.

Em seu último relatório, a Associação Americana de Jogos informou que o setor emprega 1,7 milhão de pessoas no país. Com indústria e cultura de jogos consolidadas por lá, ainda existe uma projeção para a geração de cerca de 62 mil novas vagas ao longo da próxima década. O relatório também afirma que a geração de empregos pelos cassinos beneficia mais de 200 tipos de carreiras. Portanto, não é apenas o setor do turismo a ser beneficiado por isso.

Outro ponto positivo é que, ao menos nos Estados Unidos, a indústria do jogo é mais igualitária que a maioria dos setores da economia. Poucas indústrias empregam força de trabalho tão diversificada quanto a de apostas. Quarenta e cinco por cento da força de trabalho no setor é composta por minorias. Quase a metade: 48%, são mulheres. Ambos os dados são superiores à média nacional.

Os Estados Unidos possuem cerca de mil cassinos, distribuídos por 40 dos 50 estados da união. É estimado que o desemprego em locais onde há casinos seja até 8% mais baixo do que em comparação a lugares onde não existe a prática de jogos.

Em Portugal a legalização dos cassinos também teve impacto positivo recentemente. Em 2017 o PIB do país cresceu 4%. Não fossem os resultados obtidos pelo setor de turismo, puxado pelos cassinos, o PIB anual ficaria em -1%. Somente nos resorts integrados da rede Estoril Sol, 11 cassinos são responsáveis por 18 mil empregos, espalhados por todo o território português.

Governo também quer arrecadar mais

Não só a população das cidades em que for permitida a instalação dos resorts integrados a cassinos que vai se beneficiar da regulamentação. Apesar do adiamento da votação em plenário, o próprio governo brasileiro vê na nova legislação uma chance de arrecadar mais. Se nos Estados Unidos a já consolidada indústria de aposta.
 
 


Últimas Notícias 
26/05/2020
» 21ª Fenarroz é adiada para outubro
26/05/2020
» MNE ON by Mulheres no Ecommerce decola com tecnologia e gigantes do mercado
26/05/2020
» PorkExpo & Congresso Internacional de Suinocultura é adiado para 2021
25/05/2020
» Digitalks promove experiência digital no Digitalks Expo 2020
25/05/2020
» Feiras Expobor e Pneushow 2020 são adiadas
mais...
  buscar notícias: