Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil: a mais completa e atualizada informação sobre o mercado de feiras
 
 
Destaques & Notícias
 
Notícias Online
 
Scandinavian Day reforça diálogo e estreita relações entre Brasil e países escandinavos

08/11/2018
Scandinavian Day reforça diálogo e estreita relações entre Brasil e países escandinavos

Evento reuniu representantes da Noruega, Finlândia, Dinamarca e Suécia, em São Paulo, para falar de ações em mobilidade, sustentabilidade, educação, tecnologia e gestão pública

Sinergia e transparência entre governo e sociedade como fórmula para políticas públicas bem sucedidas; compromisso com práticas sustentáveis no dia a dia; negócios cada vez mais conectados em busca de segurança e a necessidade de investir em pesquisa e formação de professores foram as principais mensagens deixadas pelo Scandinavian Day. O evento, organizado pela consultoria Imagem Corporativa, reuniu representantes da Dinamarca, Suécia, Finlândia e Noruega com o propósito de mostrar os exemplos postos em prática por essas nações escandinavas que podem ser referência nas relações e também na abertura de novos negócios com o Brasil. A atividade ocorreu nesta quarta-feira (07/11), em São Paulo.

O sucesso da Noruega em criar um fundo para gerir as receitas vindas da exploração do petróleo, visando garantir o futuro das próximas gerações, foi abordado pelo embaixador do país no Brasil, Nils Gunneng. No painel “Planejamento e a visão de longo prazo na gestão”, ele destacou que esse fundo tem hoje aproximadamente US$ 967 bilhões, sendo US$ 9 bilhões deles investidos no Brasil. “Ele foi criado para administrar os recursos em longo prazo e com 100% de transparência”, enfatizou.

Ainda falando acerca do relacionamento poder público-sociedade civil, dentro do mesmo painel, porém agora trazendo a Finlândia como exemplo, Juhani Pajunen, Diretor da Source Creative - Helsinque, destacou que há dois conceitos no país: governo aberto e dados abertos. Mas, que esse esforço do Estado só faz sentido se houver participação e interesse da sociedade. “É necessário haver reciprocidade”, pontuou. Segundo ele, 95% da população daquele país confiam na polícia, mas apenas 10% têm o mesmo comportamento quando se trata de políticos.

Partindo para o painel “Soluções em mobilidade e sustentabilidade”, o bom exemplo veio das ruas da capital da Dinamarca. Pernille Mouritsen, da consultoria Nordic Sustainability, revelou que por lá cerca de 50% dos deslocamentos do dia a dia para o trabalho ou escola são feitos de bicicleta. Prática como essa permitiu reduzir em 42% a emissão de CO2 na cidade. No entanto, os planos são ainda mais ambiciosos e a meta é ao longo dos próximos anos diminuir em 20% o consumo de energia das empresas e em 10% o das residências, além de tornar Copenhagen livre de carbono até 2025. “É necessário estabelecer um objetivo, traçar um plano, engajar parceiros e mobilizar a sociedade”, esclareceu.

Dentro do mesmo painel, o Gerente de Serviços Conectados da Volvo Brasil, Vinicius Gaensly, falou a respeito de veículos inteligentes e soluções integradas, trazendo como exemplo o esforço da empresa em tornar seus veículos mais seguros por meio da integração de tecnologias. “Até 2020, teremos mais de 100 bilhões de dispositivos conectados no mundo”, previu.

Já no painel “Novas soluções em energias alternativas”, o CEO da ABB Brasil, Rafael Paniagua, salientou o cenário favorável à geração de energia solar - beneficiada pela regulamentação, pelo baixo preço e ainda por conta de sua eficiência.

Nas políticas educacionais, o exemplo da Finlândia ganhou espaço por seu reconhecimento global. No painel “Educação e Inovação como indutores do desenvolvimento”, o Diretor de Operações Brasil e América Latina da Finland University, Jarkko Wickstrom, explicou que o país aposta na formação dos professores e ainda investe em pesquisa - o que impacta na melhora da produtividade. “Fazemos aquilo que acreditamos e buscamos garantir a todos as mesmas possibilidades”, salientou.

Da vizinha Noruega, veio o exemplo da onda de inovação e surgimento de startups que vem ganhando o cenário global. Anders Norinder, Vice Presidente da Câmara de Comércio Brasil-Suécia, foi o convidado para falar sobre o sucesso dos unicórnios suecos. Ele comentou que por trás dessa tendência está o fato de o país ser o 5º melhor do planeta para se iniciar um negócio e o 3º colocado no Índice de Inovação Global. “No número per capita de startups, temos 20 para cada mil habitantes, atrás apenas do Vale do Silício”, enfatizou, orgulhoso, prevendo que o país passará os EUA nesse quesito nos próximos anos.

O CEO da Imagem Corporativa, Ciro Dias Reis, anunciou, ao final do evento, o lançamento de uma plataforma: a Scandinavian Way. O objetivo do canal será manter uma permanente interação entre os países escandinavos e o Brasil. Também antecipou que o Scandinavian Day terá sua segunda edição em novembro de 2019. “Esperamos que o dia de hoje tenha sido apenas o kick off para estreitarmos cada vez mais essa relação”.
 
 


Últimas Notícias 
01/06/2020
» Ministério do Turismo empenha R$ 500 milhões para financiar empresas do setor
01/06/2020
» XI Egepe 2020 será realizado online nos dias 29 e 30 de junho
01/06/2020
» Expoleite: diretoria da Capal adia feira para 2021
29/05/2020
» BIG Digital vai mostrar conteúdo inédito de 13 jogos brasileiros
29/05/2020
» Mercoagro 2020 adotará rigoroso protocolo de segurança
mais...
  buscar notícias: