Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil: a mais completa e atualizada informação sobre o mercado de feiras
 
 
Destaques & Notícias
 
Notícias Online
 
MCB promove nova edição do Mercado das Madalenas

13/09/2019
MCB promove nova edição do Mercado das Madalenas

O evento comemora a chegada da primavera e antecipa o dia das crianças com exposições, gastronomia, cultura e lazer. Entrada gratuita

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, apresenta a 24ª edição do Mercado das Madalenas, evento sazonal que fomenta a economia criativa e o consumo colaborativo. A feira irá comemorar a chegada da primavera e antecipar o dia das crianças, oferecendo atividades gratuitas nos dias 28 e 29 de setembro, sábado e domingo, das 10h às 20h no MCB.

Os cerca de oito mil visitantes encontrarão grande variedade de peças exclusivas, feitas artesanalmente por aproximadamente 120 expositores oriundos de várias cidades do país, caracterizando a pluralidade regional do evento. A feira agrega marcas de vestuário feminino, masculino e infantil, decoração, joias, acessórios e presentes, além de variadas opções gastronômicas. O Mercado das Madalenas promove, também, uma intensa programação cultural, com oficinas e palestras para públicos de diferentes faixas etárias e espaço kids.

Um grande encontro do bem

Idealizado em 2012 por Inara Prudente Corrêa e Mônica Isnard, o Mercado das Madalenas reúne, durante dois dias, arte, moda, decoração, gastronomia e entretenimento, com a missão primordial de impulsionar a economia criativa, gerando oportunidades para produtores independentes apresentarem seus trabalhos e estreitarem relações com consumidores de forma direta. A proposta é sair do clichê dos shopping centers e, por isso, a curadoria segue critérios bastante seletivos.

“Nossa marca registrada é o alto astral, pois procuramos criar um ambiente onde a amizade é valorizada e a relação expositor-consumidor é resultado de uma conexão espontânea e natural”, afirma Mônica. “Em nosso modelo de negócio, a união e a colaboração se multiplicam em uma rede de clientes e fornecedores parceiros, valorizando trabalhos autorais. Unimos criadores a pessoas atraídas não só pela relação de compra, mas também pela troca de conhecimento”, diz Inara.

O Mercado das Madalenas busca valorizar e promover ações que contribuam para o bem-estar de cada indivíduo: seja selecionando marcas que produzam em cadeia sustentável, seja idealizando uma programação com palestrantes que explorem temáticas relacionadas à vida em equilíbrio, divulgando conteúdos que multipliquem o conceito amplo de que o homem e o ambiente que o cerca precisam estar em sintonia para que o futuro seja promissor. “Queremos promover a qualidade de vida e incentivar pequenos empreendedores a divulgar seus trabalhos, reunindo pessoas em um ambiente agradável para todos os gostos e idades”, complementa Inara.

“O MCB, único museu do país voltado ao design e à arquitetura, realiza uma série de eventos que valorizam o pequeno produtor ou artesão, promovendo seu contato direto com o consumidor final a fim de garantir a sustentabilidade desta cadeia produtiva. O Mercado das Madalenas, que faz parte da agenda cultural do museu, reforça essa vocação”, acrescenta Miriam Lerner, diretora geral do Museu.

Expositores

Adedo; Afeto Eco; Aline Vito; Andreas Martorelli; Atelier Luciana Pivato; Ateliê Alaine Colucci; Ateliê Fernanda Precoppe; Atelier Soave; a tón; Ava Velas; Bagbag Store; Bella Cuoca; Beta Macedo; Bossa Basics; Bossapack; Botanikos brasil; Bume; Cacau e Curas; Camila Romero; Casa Mo; Ceci Borges Acessórios; Cheek Children; Chicaoka - papel em flor; Collab L2; CONNY'S ZZNN; Criativo Curioso; Crochê Moderno; Dad's love; Dafna Edery; Dot; Eco.Tube; Ecolov; Envolve; Essências da Terra; Estilo Barkoh; Estudio Capim; Estudio DB; Fabiana Zerbinatto; Joias; Feminist.Joy; Figa Swim; Fio Ateliê; Fios e Pontos; Fita de Moça

Flavio Dolce; Giuliana de Fiori Atelier; Heborá; Holy Home; Hype Brasil; Iguana Eco; Iluminismo; Joky; Juprá; Lavender Gifth; Lejour Homewear; Linus; Loom ; Karina Atelie; Maria Sublime; Marianna Aurbach; Marion Kopel; Marisa M Portela; Matriz Estamparia; Maurício Duarte; Miemy.stilo; Mien Atelier; Myriam Aguiar; Moeê; Mole Bags; Molsk Design; Mumo; Mundujú; Nuz; Ó a saia dela; Panou; Para Dormir; Paula Fabbri; Plume Acessórios; Povo Mehinaku; Priscila PIni; r.delbon; Regina Lindernberg Aquarelas; Rever Camisaria; Ricreare; Sabrina Camara atelier; Simone Aguliera; Sole; Soleilcrochet; Sophos Rio; Sous Le Manteau Cerâmica; Studio Dalzotto; Susu Bijoux; Tear Paulista; Tecer; Temos Vagas Knit; Tereza-vale a pena; Terral; Tetis Lis; Timirim; Titapoint; Vic House; ViraMundo ateliê; Volto Já; Yunques.

Alimentação

Antar Snacks; Arepas Picatta SP; Bike Ri.Co.Risoto&Companhia; Box 54 Food; Caminhoneta Burger & Co; Cantinho de minas; Cheers; Cozinha Voila; D'FARM; Da Villar Food Cart; Entre Bolos; Famigerada Cachaça; Filé Cozinha itinerante;

Frutteto Geléias; Jais Hand Made; Kiro; Limoncello Di Gagliardi; Mapuchebier; Mestiço Chocolates; Muu; Na caneca tem; Pão de Lé; Pão de Queijo da Mineira; Pedala Crepes; Quinta do Quiriri; Sharlin Carioca Gin; Tabuleiro das Meninas;

Tâmara Snacks Artesanais; TasteMe!; Terra Banani; Villa Lucchese.

Sobre o MCB

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação do MCB contempla exposições temporárias e de longa duração, com uma agenda que possui também atividades do serviço educativo, debates, palestras e publicações contextualizando a vocação do museu para a formação de um pensamento crítico em temas como arquitetura, urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal premiação do segmento no país, realizado desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a rica diversidade do morar no país.

Sobre o Mercado das Madalenas

O Mercado das Madalenas surgiu em 2012 tendo como sócias as amigas Mônica Isnard e Inara Prudente Corrêa, com a proposta de sair do conceito de shopping centers e grandes comércios. O objetivo é gerar oportunidade para quem produz trabalhos de maneira autoral, de forma que os empreendedores possam divulgar seus serviços. Os critérios de seleção de expositores são altos. Quando foi idealizado, a meta principal era reunir amigos em um ambiente que fosse agradável e, ao mesmo tempo, repleto de possibilidades, com o diferencial de permitir aos clientes conhecer melhor quem faz o que está exposto e também o processo de criação dos produtos.

Serviço

Mercado das Madalenas
Dias 28 e 29 de setembro de 2019
Sábado e domingo, das 10h00 às 20h00
Entrada Gratuita
www.facebook.com/MercadoDasMadalenas
www.mercadodasmadalenas.com.br

Museu da Casa Brasileira
Av. Faria Lima, 2705
Tel.: (11) 3032-3727

Visitação ao Museu

De terça a domingo, das 10h00 às 18h00
Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos | Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada
Gratuito aos finais de semana e feriados
Acessibilidade no local
Bicicletário com 40 vagas | Estacionamento pago no local
Visitas orientadas: (11) 3026.3913 | agendamento@mcb.org.br |  
 


Últimas Notícias 
30/11/2020
» SET eXPerience Live: o maior debate online sobre temas do mercado de mídia e entretenimento
30/11/2020
» Feira da Loucura por Sapatos está confirmada de 03 a 13 de dezembro
30/11/2020
» Protocolo sanitário da 22ª Expodireto Cotrijal é entregue ao governo do Estado
30/11/2020
» Habemos Whext: festival acontecerá nos dias 3 e 4 de dezembro, com transmissão online
30/11/2020
» Congresso Online de Tecnologia da Informação debate tendências desse mercado
mais...
  buscar notícias: