Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
 
     
 
 
     
 
Destaques & Notícias
 
Nucleovet fortalece biosseguridade para o Simpósio Brasil Sul de Avicultura

14/03/2023
Nucleovet fortalece biosseguridade para o Simpósio Brasil Sul de Avicultura

Estrangeiros poderão participar somente de forma remota do 23º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA), programado para o período de 4 a 6 de abril, em Chapecó (SC). Essa é uma das medidas anunciadas hoje pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) em comunicado ao mercado sobre as medidas de biosseguridade para evitar o surgimento da influenza aviária (gripe aviária) em território brasileiro.

Veja o comunicado do promotor

"O Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet), entidade organizadora e promotora do 23º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA), programado para o período de 4 a 6 de abril, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó (SC), toma iniciativa de prestar as seguintes orientações e esclarecimentos.

Em face da presença do vírus da influenza aviária (IA) em países sul-americanos vizinhos do Brasil foram adotadas as seguintes decisões e providências para garantir, mais uma vez, a segurança e o sucesso do evento, embora seja notório que a IA não representa risco relevante em eventos científicos em território brasileiro.

O Simpósio terá caráter misto, presencial e on-line, para os residentes no Brasil. Entretanto, as pessoas inscritas e residentes em outros países poderão participar somente de forma remota. Essa diretriz em relação ao público estrangeiro faz-se necessária porque não seria possível garantir o cumprimento das orientações de quarentena recomendadas pela ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) para as centenas de profissionais de outros países que tradicionalmente acompanham o SBSA.

Todos os públicos do SBSA 2023 – expositores, visitantes, imprensa, palestrantes, patrocinadores e pessoal técnico de apoio – são aconselhados para uma atitude de biosseguridade adicional no sentido de cumprirem todas as medidas preventivas e, ao retornarem as suas bases, respeitarem o período de 72 horas para ingressar novamente em seus ambientes de trabalho, sejam escritórios, granjas, incubatórios, abatedouros etc.

Todas as medidas são necessárias e imprescindíveis para manter o Brasil livre de IA e de outras patologias, preservando o elevado status sanitário que conquistamos nas últimas décadas.

O Nucleovet e seus associados estão alinhados com a vigilância ativa para IA, de forma a detectar precocemente – caso ocorra – a presença de um patógeno exótico para o país. Nesse caso, apoiarão imediatamente as medidas de contenção no ponto de entrada do vírus, conforme recomenda o Plano Ministerial de Vigilância da Influenza Aviária e da doença de Newcastle.

O Nucleovet está engajado nos esforços do Governo e da cadeia produtiva para que o Brasil permaneça livre da Influenza Aviária. Assim reafirma seu compromisso com uma programação científica atualizada e de alto nível, com a qualidade de sua operação presencial e on-line e com a segurança biossanitária, razões pelas quais pede o apoio e a adesão de todos na observância das mencionadas recomendações."


Acompanhe o site www.nucleovet.com.br.
 
 
 
Destaque
» São Paulo, capital das feiras, lidera o setor de feiras e eventos empresariais
Últimos Destaques 
29/05/2024
» 9ª Autos Antigos do Brasil em Águas de Lindoia começa nesta quinta (30)
29/05/2024
» Oeste Rural Show: “até sexta-feira, Pontes e Lacerda é a capital estadual do Agronegócio”
29/05/2024
» Feira Sabor Nacional acontece na Cinemateca Brasileira, nos dias 8 e 9 de junho
29/05/2024
» Posicionamento High Ticket: sofisticação torna-se estratégia para a oferta de preços
28/05/2024
» Com data definida, a Expo Favela Innovation São Paulo será sediada WTC Events Center
mais...
  buscar destaques: