Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
 
     
 
 
     
 
Destaques & Notícias
 
Brasília receberá 4º Fórum de Valorização Energética de Resíduos em abril

29/03/2023
Brasília receberá 4º Fórum de Valorização Energética de Resíduos em abril

Evento irá debater rumos e tendências do setor de recuperação energética de resíduos

A produção de energia limpa tem ganhado força no Brasil e diversas são as fontes que estão se destacando no cenário. Embora o avanço ainda seja tímido, a recuperação energética de resíduos é uma delas e é justamente sobre o assunto que o 4º Fórum de Valorização Energética de Resíduos irá tratar em abril.

Promovido pela Associação Brasileira de Recuperação Energética de Resíduos (Abren), assim como organizado por uma das principais empresas de eventos renováveis do país, Grupo FRG Mídias & Eventos, o Fórum acontecerá entre os dias 4 e 5 de abril, no Espaço de Eventos Brasil 21, em Brasília, no Distrito Federal.

O objetivo, segundo a Abren, é reunir toda a cadeia produtiva do setor que são associados e parceiros da instituição em um encontro anual a fim de discutir importantes temas que estão em pauta no setor de recuperação energética de resíduos. Yuri Schmitke, presidente da Abren, afirma que além dos principais players do setor tanto nacionalmente como internacionalmente, também estarão presentes autoridades políticas e ambientais a fim de debater o assunto do setor brasileiro.

“A Abren irá reunir em Brasília os principais players nacionais e internacionais juntamente com Ministros, Secretários, Deputados, Senadores, Diretores e autoridades. A associação irá apresentar as principais reivindicações do mercado de recuperação energética para o MME, MMA, Min. Cidades, Congresso Nacional, Aneel, Ana, Caixa Econômica Federal e BNDES, entre outras instituições nacionais e regionais" afirma Schmitke.

A programação do 4º Fórum de Valorização Energética de Resíduos, por sua vez, será bastante intensa. Na ocasião estão previstos painéis importantes como políticas públicas de incentivo a valorização energética, desafios e oportunidades de CDR, novas tecnologias envolvendo a blendagem de CDR, projetos de waste to energy no Brasil, os desafios dos financiamentos neste tipo de projeto, a eletromobilidade com as usinas recuperação energética e economia circular.

Tiago Fraga, CEO do Grupo FRG Mídias & Eventos, acredita que o evento irá reunir toda a cadeia produtiva do setor de recuperação energética do setor. Nelas estão inclusas as empresas que detém a tecnologia, bem como equipamentos para uma destinação correta.

“Eu acredito que o evento vai reunir toda a cadeia produtiva do setor de recuperação energética, ou seja, as empresas que detêm a tecnologia, que detêm os equipamentos para uma destinação correta, para uma valorização energética para a gente colocar valor agregado em algo que hoje é problema. Reunir também os atores da opinião pública, dos agentes públicos, aqueles que fazem as políticas públicas neste país. A gente tem uma perspectiva muito grande de que o setor saia realmente muito fortalecido do evento” destacou ele.

Segundo a organização, a expectativa é que mais de 600 pessoas passem pelo evento de modo a gerar networking, novas oportunidades e conhecimento sobre o setor de recuperação energética de resíduos do Brasil. A lista completa de painéis e palestrantes pode ser acessada no site oficial do evento, bem como as inscrições ainda realizadas também de forma online através do link: www.forum.abren.org.br/2023
 
 
 
Destaque
» São Paulo, capital das feiras, lidera o setor de feiras e eventos empresariais
Últimos Destaques 
17/05/2024
» AgroBrasília completará 15 anos em 2024
17/05/2024
» Feira da Moda Inverno (FEIMI) anuncia a primeira edição de 2024 na Avenida Paulista
17/05/2024
» Caravanas de agricultores familiares chegam para conhecer as inovações tecnológicas na Agrotins 2024
17/05/2024
» Encontro Internacional de Neonatologia reunirá profissionais nacionais e internacionais em São Paulo
16/05/2024
» Bahia Farm Show 2024 terá ampliação de 9% da área total
mais...
  buscar destaques: