Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
 
     
 
 
     
 
Destaques & Notícias
 
FoodTech Expo: Indústria de alimentos do Brasil fatura R$ 1 tri

06/06/2023
FoodTech Expo: Indústria de alimentos do Brasil fatura R$ 1 tri

Em 4ª edição, o International FoodTech Forum agrega o FoodTech Expo para debater tecnologia, inovação, investimentos, segurança e outros temas que definem um futuro promissor para o setor no Brasil e no mundo

Pela primeira vez na história, a indústria de alimentos do Brasil ultrapassa R$ 1 trilhão em faturamento. O aumento de 16,6% em relação ao ano anterior vem acompanhado da expansão dos postos de trabalho, do crescimento no volume de exportações e da ampliação do mercado interno. Estes e outros resultados favoráveis para o setor compõem o balanço econômico anual divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia). Até o final de 2023, mesmo com o indicativo de desaceleração do crescimento do PIB, das pressões nos custos de produção e de incertezas em relação à economia mundial, as perspectivas para a indústria de alimentos do País se mantêm positivas, embora desafiadoras.

A indústria de alimentos do Brasil encerrou 2022 com faturamento de R$ 1.075 trilhão. De acordo com o balanço anual da Abia, 72% deste valor resultam do abastecimento do mercado interno, e 28% de exportações. Descontada a inflação, as vendas reais totais, considerando-se o mercado interno e as exportações, expandiram 3,7%, com incremento de 2,5% na produção física. As exportações cresceram 30%.

No levantamento da ABIA, um dado, em especial, chama a atenção. Até o final de 2022 foram gerados 58 mil novos empregos, uma expansão de 3,4%, totalizando 1,8 milhão de trabalhadores.

Embora o Brasil permaneça no posto de segundo maior exportador de alimentos industrializados do mundo, com 64,8 milhões de toneladas vendidas para 190 países, como indica o balanço anual da Abia, os desafios que contemplam a complexa cadeia de produção no País são permanentes. “O Brasil se consolida, ano a ano, como protagonista na produção e tecnologia de alimentos, com uma indústria forte e um agro altamente competitivo e moderno. Mas somos constantemente instigados a buscar formas sustentáveis e regenerativas de cultivo, tecnologia, inovação, segurança alimentar, forças motrizes de uma transformação que começa a chegar à mesa do consumidor”, afirma Paulo Silveira, fundador e CEO do FoodTech Hub Latam.

O FoodTech Hub Latam, como promotor do 4º International FoodTech Forum, evento que incorpora o FoodTech Expo e será realizado nos dias 13 e 14 de junho, no Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital Campinas), vai agregar empresas, universidades e institutos de pesquisa, órgãos governamentais e não governamentais, foodtech startups e venture capital. Com a proposta de fomentar a inovação nos sistemas alimentares por meio de investimentos em foodtechs e inovação aberta, o ecossistema criado em 2018 se consolida como referência no desenvolvimento e inovação em alimentos no mundo.

Na edição que será realizada de forma presencial e on-line, o International FoodTech Forum tem como tema central “Transformando a indústria de alimentos no Brasil através da inovação”. “Nos dois dias do evento, o objetivo é discutir o futuro da promissora indústria de alimentos e, por consequência, o futuro dos alimentos com a participação dos players mais importantes do mercado”, destaca Silveira.

Um dos painéis mais esperados no fórum traz à discussão os alimentos à base de células produzidos a partir de animais cultivados in vitro ou de células microbianas. “Recentemente, a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) publicou o primeiro relatório global de produtos à base de células e dois especialistas que participaram ativamente do estudo, dra. Masami Takeuchi e dr. William Chen, têm presença confirmada no International FoodTech”, afirma Silveira. “No mercado nacional, esta é uma oportunidade ímpar para discutir o futuro desses alimentos.”

Com mais de 20% da biodiversidade vegetal do Planeta e uma indústria de alimentos que historicamente responde por 10% do PIB, o Brasil tem lugar de destaque no evento, que não por acaso escolhe o Ital, em Campinas (SP) para sua realização. No local vem sendo construído o Tropical Food Innovation Lab. O centro de inovação de excelência na América Latina vai desenvolver produtos sustentáveis em alimentos e bebidas de forma colaborativa. O FoodTech Hub Latam participa do consórcio.

“O Brasil está entre os maiores produtores e exportadores de grãos e proteína do mundo”, pontua Paulo Silveira. Para o CEO, o momento é de colocar em prática sistemas que valorizem a sustentabilidade, a agricultura regenerativa para a conservação da biodiversidade e do meio ambiente, ao mesmo tempo em que se priorizem a saúde e o bem-estar. “Precisamos agregar mais valor à cadeia que se estende do campo à mesa do consumidor”, afirma.

O 4º International FoodTech Forum e o 4º FoodTech Expo têm patrocínio do Tropical Food Innovation Lab., BRF, Bayer, Coplacana, Mondeléz International, com apoio da Abia.

https://internationalfoodtech.com.br
 
 
 
Destaque
» São Paulo, capital das feiras, lidera o setor de feiras e eventos empresariais
Últimos Destaques 
17/05/2024
» AgroBrasília completará 15 anos em 2024
17/05/2024
» Feira da Moda Inverno (FEIMI) anuncia a primeira edição de 2024 na Avenida Paulista
17/05/2024
» Caravanas de agricultores familiares chegam para conhecer as inovações tecnológicas na Agrotins 2024
17/05/2024
» Encontro Internacional de Neonatologia reunirá profissionais nacionais e internacionais em São Paulo
16/05/2024
» Bahia Farm Show 2024 terá ampliação de 9% da área total
mais...
  buscar destaques: