Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
 
     
 
 
     
 
Destaques & Notícias
 
Montagem da Capital Moto Week começa hoje

21/06/2023
Montagem da Capital Moto Week começa hoje

Os 298 mil metros quadrados do complexo do Capital Moto Week começam a tomar forma para receber mais de 800 mil pessoas e mais de 100 shows a partir de 20 de julho

Maior festival de rock e motos da América Latina, o Capital Moto Week inicia hoje a montagem do complexo para a aguardada edição em comemoração aos seus 20 anos. A operação para levantar o espaço é uma etapa fundamental para garantir que o evento proporcione uma experiência inesquecível aos participantes. Serão 30 dias preparando os 298 mil metros quadrados para receber mais de 800 mil pessoas em uma cidade dedicada aos amantes de motos, rock e entretenimento.

"Para preparar toda a cidade da moto, o grande desafio é que tudo seja realizado em perfeita sincronia”, afirma Pedro Franco, organizador do Capital Moto Week. Equipes especializadas estão prontas para transformar o espaço em um verdadeiro paraíso para os entusiastas das duas rodas. Com um calendário ajustado, as tarefas serão executadas com precisão e eficiência.

O processo se inicia pela infraestrutura básica, passando pela parte estrutural, cenográfica, equipamentos e, por último, o conteúdo. Segundo o organizador, um complexo desses é bem executado nos pormenores. “Temos uma grande preocupação e responsabilidade em entregar uma ótima experiência para o nosso público e nossos parceiros, por isso cada detalhe de cores, luzes, ambientação e decoração são levados muito a sério por nossa equipe”, destaca Franco.

Diferentes áreas, com características próprias, farão parte da montagem do complexo do festival. Desde os palcos onde grandes artistas do rock nacional se apresentarão, até a área reservada para os motoclubes e motogrupos participantes, tudo é cuidadosamente projetado para proporcionar o máximo de conforto e diversão. A montagem do complexo do festival Capital Moto Week é um processo intenso e meticuloso, que visa criar um ambiente único e vibrante para os apaixonados por motos e música. “Estamos muito animados para proporcionar uma experiência inesquecível ao nosso público”, conta.

O ano de 2023 promete ser o maior e mais grandioso da história do festival. Serão cinco palcos (um principal e quatro temáticos), duas praças de alimentação (além de 34 outras operações gastronômicas), parque de diversões, dois espaços de camping (Camping Ville - camping pago, permite uma reserva prévia, e o camping gratuito - por ordem de chegada), entre outras áreas temáticas.

Confira as principais atrações

- Palcos

Serão cinco palcos que receberão os mais de 100 shows durante o festival. O principal terá a capacidade para receber um público de até 35 mil pessoas. Ali estará representado o mote do evento para esse ano: a liberdade. Com o palco medindo mais de 14 metros de altura e 40 metros de largura, duas asas gigantes farão o público voar ao som de Marcão Britto & Thiago Castanho com Charlie Brown Jr. 30 anos!, Nando Reis, Angra, Jota Quest, Pitty, Marcelo Falcão, Pato Fu e dezenas de outros artistas.

A organização do festival também promete no palco principal um visual incrível e iluminado para melhorar ainda mais a experiência das pessoas. São, ao todo, mais de 500 metros de mangueira de LED na cenografia gigante. O Capital Moto Week, que já é considerado o maior palco do rock no Centro-Oeste, baterá o seu próprio recorde. Haverá ainda outros palcos temáticos que receberão espetáculos musicais diversos: Rock Saloon, Moto Bar e Lady Bikers.

- Espaço para Motos

O Capital Moto Week é um dos poucos festivais de grande porte que envolvem motocicletas. Sendo uma das protagonistas do festival, há toda uma área destinada a elas, no qual podem entrar e transitar livremente pelas vias do complexo. Além da expectativa em receber mais 350 mil motos e 1,8 mil motoclubes durante o festival, neste ano 200 grupos já estão com seus espaços reservados dentro do complexo. Essas tendas variam de 36 a 800 metros quadrados cada.

"A complexidade na operação para considerar as tendas e os espaços de circulação de motos é enorme, mas passou a ser orgânica para nós, com esses 20 anos de festival", afirma Franco. Mas o executivo ressalta que a organização tem um cuidado muito grande em planejar, entender o fluxo, a vazão e planejar como as motos vão chegar e permanecer lá dentro. "Teremos dezenas de agentes de fluxo, tanto nas áreas externas quanto nas áreas internas, para orientar o público da maneira mais segura possível em relação a essa logística”, explica.

- Camping

O Parque de Exposições da Granja do Torto, em Brasília (DF), se transformará em uma verdadeira 'Cidade da Moto', com infraestrutura compatível a de um pequeno município. Para se ter uma ideia da grandiosidade e complexidade do festival, mais de 20 mil pessoas farão do CMW a sua casa, acampando no espaço e utilizando toda a infraestrutura hidráulica, elétrica, etc. A título de comparação, esse número é 23 vezes maior que o número de habitantes da menor cidade do Brasil, Serra da Saudade (MG), que segundo Censo de 2022, tem cerca de 836 moradores. Isso dá a noção do tamanho da estrutura que o festival oferece.

- Parque de diversões

O complexo combina experiências imersivas de festivais internacionais. Entre elas está o parque de diversões com roda-gigante com 22 metros de altura, bungee-jump de 40 metros (equivalente a um prédio de 15 andares), que já é tradição no CMW desde 2014, e uma tirolesa com uma torre de saída de 15 metros de altura e 134 metros de extensão, que cruza pelo alto toda a arena de shows.

- Segurança

Pedro Franco destaca a importância da questão da segurança nesse momento. De acordo com o organizador, as empresas que atuam na montagem do Capital Moto Week devem seguir todas as especificações de segurança dos órgãos responsáveis. Além disso, há acompanhamento do time da brigada que realiza seu trabalho durante todo o período da montagem, fiscalizando, orientando e conscientizando nas questões de segurança e oferecendo relatórios diários visando à segurança tanto dos trabalhadores, quanto das estruturas que vão abrigar o público.

- Movimentação econômica

Com um investimento total de aproximadamente R$17,1 milhões, o festival supera todos os recordes anteriores. Além de ser um evento culturalmente significativo, o Capital Moto Week também desempenha um papel fundamental na economia local desde antes da montagem do complexo. Estudos indicam que um festival de tal magnitude movimenta mais de 55 setores da economia, como construção, hotelaria, alimentação e turismo. A expectativa para a edição de 2023 é movimentar cerca de R$60 milhões na economia do Distrito Federal.

- Ingressos CMW 2023

Motociclistas sem garupa e pilotando não pagam | Motos com garupa entram grátis de segunda a sexta-feira até as 18h e, aos sábados e domingos, até as 15h | PCD tem acesso grátis com direito à gratuidade de um acompanhante | Pessoas 60 anos ou mais têm direito à meia-entrada | Crianças de até 12 anos não pagam desde que acompanhadas de seu responsável | Menores de 16 anos somente acompanhados de um responsável legal | Ingresso solidário é concedido para quem levar lixo eletrônico ou 1kg de alimento não perecível.

Serviço

Capital Moto Week | Edição 20 Anos
Quando: 20 a 29 de julho de 2023
Onde: Parque de Exposições Granja do Torto | Brasília (DF)
Ingressos:www.capitalmotoweek.com.br/lineup

www.capitalmotoweek.com.br
 
 
 
Destaque
» São Paulo, capital das feiras, lidera o setor de feiras e eventos empresariais
Últimos Destaques 
20/05/2024
» BFShow começa na terça-feira (21) em São Paulo
20/05/2024
» Show de decoração, novidades e capacitações são destaques no Enflor e Garden Fair 2024
20/05/2024
» Aquishow Brasil 2024 abordará a aquicultura da produção ao consumo
20/05/2024
» Varejo latino-americano do calçado é um dos temas do Foro del Calzado em São Paulo/SP
17/05/2024
» AgroBrasília completará 15 anos em 2024
mais...
  buscar destaques: