Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
 
     
 
 
     
 
Destaques & Notícias
 
World Food Day Américas reúne as principais lideranças de sistemas alimentares da América Latina

11/10/2023
World Food Day Américas reúne as principais lideranças de sistemas alimentares da América Latina

Evento organizado pelo FoodTech Hub Latam no dia 16/10, em São Paulo, tem como tema central estratégias para implantação de sistemas alimentares net zero

Até 2050, será preciso aumentar a produção de alimentos em 60% para suprir as necessidades globais de consumo. A projeção da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura) soa como alerta, mas também como desafio. Com foco em sistemas alimentares net zero, a quarta edição do World Food Day Americas, realizada no dia 16 de outubro, no LifeHub Bayer, em São Paulo, reúne as principais lideranças da América Latina em torno de estratégias para uma cadeia produtiva impactada por mudanças climáticas e degradação ambiental. “Para a sobrevivência das gerações futuras, é fundamental pensarmos e agirmos no presente”, afirma Paulo Silveira, fundador e CEO do FoodTech Hub Latam, organizador do evento que tem o patrocínio da Bayer.

À frente do World Food Day Americas, o FoodTech Hub Latam agrega empresas, universidades e institutos de pesquisa, órgãos governamentais e não governamentais, foodtech startups e venture capital. Com a proposta de fomentar a inovação nos sistemas alimentares por meio de investimentos em foodtechs e inovação aberta, o ecossistema criado em 2018 se consolida como referência no desenvolvimento e inovação em alimentos no mundo.

Na quarta edição do evento, realizado no Dia Mundial da Alimentação, instituído pela FAO em 1981, o tema central congrega os sistemas alimentares net zero. Com a perspectiva de produzir e distribuir alimentos, equilibrando a emissão e a remoção de gases de efeito estufa para um resultado “líquido zero” ou “net zero”, é necessário, segundo Paulo Silveira, colocar em curso várias estratégias.

“Redução do desperdício de alimentos, adoção de práticas agrícolas sustentáveis, diminuição do consumo de carne com dietas à base de plantas e apoio efetivo à agricultura regenerativa são parâmetros que precisam ser postos em prática”, afirma o CEO do FoodTech Hub Latam. Silveira lista também investimentos em energias renováveis e melhoria no transporte dos alimentos, com foco em otimização de recursos e segurança alimentar.

A projeção da FAO sobre o aumento global de consumo de alimento até 2050 vem acompanhada de outro dado exponencial. Em menos de 30 anos, o mundo precisará ter 40% a mais de água disponível para sobreviver. “Neste sentido, políticas, iniciativas e cuidados para a conservação dos recursos hídricos devem ser prioritários e aprimorados permanentemente”, ressalta.

Ainda sobre a cadeia de produção de alimentos que começa no campo, Silveira enfatiza que os agricultores precisam ser colocados no centro das discussões sobre sistemas alimentares net zero. “Capacitados por meio de políticas apropriadas, são os melhores agentes para conservar a biodiversidade, proteger os ecossistemas e minimizar os impactos ambientais e climáticos”, afirma Silveira.

O 4º World Food Day Americas é organizado em quatro painéis temáticos. O primeiro, “Inteligência Artificial e agricultura”, discute entre outros temas a ciência de dados. Em “Agricultura regenerativa”, especialistas abordam assuntos relevantes, como otimização de ecossistemas e também o cultivo de células vegetais associado à agricultura do futuro. “Gestão da água” e “Biológicos agrícolas” completam os painéis. Neste último, os destaques são os produtos microbianos e os biofertilizantes.

“O World Food Day Americas é um evento de suma importância para reforçar como a agricultura regenerativa é parte fundamental para solucionar o desafio de alimentar uma população em crescimento sem exaurir o Planeta. A temática central, ‘Sistemas Alimentos Net Zero’, trará uma rica reflexão de como inovação e sustentabilidade andam juntas frente aos desafios enfrentados no campo, guiados por uma visão de agricultura que busca produzir mais com menos, enquanto restaura mais. É este tipo de compromisso que tem guiado a Bayer em projetos como o nosso programa PRO Carbono, que fomenta a intensificação de práticas regenerativas no campo, e o lançamento, em parceria com o FoodTech Hub Latam, da terceira edição do Food Loss Challenge, cujo propósito é estabelecer conexões com startups que ofereçam soluções para combater perdas e o desperdício de alimentos”, afirma Alessandra Fajardo, diretora de Alianças da Cadeia de Valor Alimentar para a América Latina da Bayer.

O World Food Day Americas é apoiado por Mapa, Embrapa, Abia, IICA, ABIR e FAO.

Mais sobre o World Food Day Americas em https://worldfoodday.com.br
 
 
 
Destaque
» São Paulo, capital das feiras, lidera o setor de feiras e eventos empresariais
Últimos Destaques 
29/05/2024
» 9ª Autos Antigos do Brasil em Águas de Lindoia começa nesta quinta (30)
29/05/2024
» Oeste Rural Show: “até sexta-feira, Pontes e Lacerda é a capital estadual do Agronegócio”
29/05/2024
» Feira Sabor Nacional acontece na Cinemateca Brasileira, nos dias 8 e 9 de junho
29/05/2024
» Posicionamento High Ticket: sofisticação torna-se estratégia para a oferta de preços
28/05/2024
» Com data definida, a Expo Favela Innovation São Paulo será sediada WTC Events Center
mais...
  buscar destaques: