Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
A mais completa e atualizada
informação sobre a agenda de feiras

Receba nosso informativo
 
 
 
 
Destaques & Notícias
 
Centro Cultural São Paulo abre as portas para a segunda parte da 13ª Bienal Internacional de Arquitetura neste sábado (04)

03/06/2022
Centro Cultural São Paulo abre as portas para a segunda parte da 13ª Bienal Internacional de Arquitetura neste sábado (04)

A abertura no Centro Cultural São Paulo começa neste sábado e terá performance de Uýra. Bienal começou no dia último dia 27 de maio, no Sesc Avenida Paulista.

A partir deste sábado, dia 4, o Centro Cultural São Paulo será o espaço da segunda parte da 13ª Bienal Internacional de Arquitetura - Travessias, que conta com 10 convidados pela curadoria – instalações artísticas – e 23 selecionados. Clique aqui para fazer download das imagens. A Bienal teve início no Sesc Avenida Paulista no último dia 27 de maio

Destaque para o projeto do arquiteto Diébédo Francis Kéré de Burkina Faso, mais conhecido apenas como Francis Kéré e atual vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura 2022 (prêmio mais importante da arquitetura mundial). Ele é o primeiro negro a receber essa honraria. Além da obra de Kéré, os outros nove convidados que farão instalações artísticas são: Arquitetura na Periferia (Minas Gerais - Brasil), Grupo Banga (Angola), Christophe Hutin (Paris, França), Coletivo Coletores (São Paulo, Brasil), Dele Adeyamo (Nigéria/Reino Unido), Jaime Lauriano (São Paulo - BR), Mona Rikumbi (São Paulo - Brasil), Mouraria 53 (Bahia - Brasil) e Uýra (Amazonas - BR). A exposição desses projetos acontece simultaneamente no Sesc Avenida Paulista – que abriu a Bienal no dia 27 de maio - e no Centro Cultural São Paulo neste sábado.

A abertura no Centro Cultural São Paulo, terá às 17h, performance de Uýra, também convidada para a exposição. A equipe curatorial priorizou trabalhos que trazem à tona narrativas de povos e grupos que são e foram historicamente violentados no país e no mundo.

De novembro de 2020 a janeiro de 2021 foi aberto um concurso para selecionar uma proposta de co-curadoria para a 13ª edição que sugeria como eixos norteadores: democracia, corpos, memória, informação e ecologia.

Entre as 11 propostas avaliadas, Travessias, que dá nome à edição, foi escolhida por unanimidade. A equipe vencedora é formada por nove integrantes brasileiros de diversas áreas de atuação: Carolina Piai Vieira, Larissa Francez Zarpelon, Louise Lenate Ferreira da Silva, Luciene Gomes, Pedro Cardoso Smith, Pedro Vinícius Alves, Raíssa Albano de Oliveira, Thiago Sousa Silva, Viviane de Andrade Sá. O grupo, ao lado da curadora residente, Sabrina Fontenele, construiu a 13ª Bienal Internacional de Arquitetura - Travessias.

A proposta Travessias entende que a pandemia reforça desigualdades sócio espaciais que já se estabeleciam, não só no país, como no mundo, compreendendo que essas estruturas sofrem fragmentações, tanto físicas quanto simbólicas, enraizadas nos violentos processos de colonização e apagamentos históricos. Como consequência, provocam inúmeras manifestações de opressão – como o racismo, o sexismo, o capacitismo e a colonialidade – no Brasil e em diversos territórios pelo mundo.

A 13ª edição é composta por três eixos: a exposição nos dois endereços; por uma extensa programação, maior parte também com transmissão virtual, – conferências, mesas temáticas e performances - que acontece nos equipamentos culturais e espaços públicos do eixo da Avenida Paulista: Sesc, Itaú Cultural e Instituto Moreira Salles; e por atividades educativas – visitas guiadas, oficinas e mediação.

Edição traz práticas sociais, arranjos espaciais e as possibilidades de (sobre)viver e transformar a realidade em áreas urbanas e rurais A 13ª edição da Bienal de Arquitetura, realizada pelo IAB-São Paulo (desde 1973), com o patrocínio master da Belgo Bekaert Arames, parceria institucional do Sesc São Paulo e Centro Cultural São Paulo, parte de uma realidade de intensas transformações geradas pela pandemia de COVID-19 em todo o mundo e que exigiu esforços intensos de organização das dinâmicas urbanas, sociais e profissionais pela sobrevivência

Serviço

Centro Cultural São Paulo
Abertura: 04 de junho de 2022 – às 17h, com performance de Uýra
04 de junho a 17 de julho de 2022, segunda a sexta, das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30.
CCSP: Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso, São Paulo - SP 01504-000 | Telefone: (11) 3397-4002

Sesc Avenida Paulista
Até17 de julho de 2022, terça a sexta, das 10h às 21h30, sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30.
Retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência. Grátis
Local: Arte I (5º andar) - Avenida Paulista, 119, São Paulo | Fone: (11) 3170-0800 - Transporte Público: Estação Brigadeiro do Metrô – 350m

http://bienaldearquitetura.org.br
 
 


Últimas Destaques 
12/08/2022
» 20º Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida debaterá os desafios e oportunidades do mundo híbrido
12/08/2022
» 23º Salão de Arte apresenta obras que estarão presentes na exposição
12/08/2022
» in-cosmetics Latin America anuncia novos expositores
12/08/2022
» Congresso Brasileiro do Algodão acontece na próxima semana em Salvador
12/08/2022
» Oktoberfest de Igrejinha apresenta trajes da Corte Infantil
mais...
  buscar destaques: