Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
 
     
 
 
     
 
Destaques & Notícias
 
Começou nesta terça (09) a 27ª Casacor Minas Gerais

10/08/2022
Começou nesta terça (09) a 27ª Casacor Minas Gerais

Reconhecida como a principal mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo do estado, a Casacor Minas apresenta 50 ambientes, assinados por 70 profissionais do segmento.

Infinito Particular, tema eleito para a 27ª edição da mostra, permitiu ao elenco da mostra explorar as mais diversas interpretações sobre o morar e sobre a conexão com a casa. A seleção de profissionais inclui um time que reúne nomes consolidados no mercado, além de jovens talentos que estão se destacado pela qualidade dos projetos executados e assinaturas únicas.

O tema apresentado nesta edição faz referência às casas biográficas que vão além dos estilos e das tendências, convidando o elenco a refletir sobre a necessidade de projetar ambientes que priorizem o bem-estar físico, mental e espiritual, a harmonia, o equilíbrio e também o conforto. “Ele possibilita que os profissionais possam apresentar todas as suas referências profissionais e também o que diz respeito ao universo pessoal de cada um. A Casacor Minas é um lugar voltado não apenas para a apresentação do que há de mais significativo em termos de criatividade, mas também reflete sobre o desenvolvimento humano e sobre como associamos nossa identidade, ancestralidade, vivências e referências no ambiente onde vivemos”, destaca o diretor executivo Eduardo Faleiro.

Ao longo de todas as edições, a Casacor tem sido palco de lançamentos de produtos e serviços do setor, atraindo milhares de pessoas que visitam a mostra em busca das novidades. Por conta disso, a mostra já faz parte do calendário oficial do estado, atraindo um número cada vez maior de visitantes “A Casacor Minas é o evento de maior visibilidade para os profissionais e fornecedores da área. Existe uma expectativa muito grande do mercado com a sua realização. Estamos confiantes de que faremos uma edição linda e com um time muito competente de profissionais, contribuindo para levar inspiração e qualidade de vida para as pessoas”, resume Juliana Grillo, diretora da Casacor Minas.

Neste ano, a mostra conta com inúmeras novidades. Uma delas foi a criação de espaços que poderão ser acessados pelos visitantes do Parque do Palácio sem a cobrança de ingresso para a mostra. Neste caso, os visitantes deverão adquirir apenas o ingresso de visitação para o parque(R$10 e R$5). Ao todo, 11 ambientes da mostra integram a paisagem do Parque do Palácio. São eles:

Motorhome, da BCMF Arquitetura, Loja Conceito, de Sara Rodesky e Carolina Faria, Restaurante Departamento, assinado por Isabela Vecci, Pavilhão Raízes, de Gabriel Bueno, Origem Minas, de Cynthia Silva, Labirinto Playground, de Vazio S/A, Ninho de Guaxo, de Antônio Grillo, Pátio do Palácio, de Patricia Abreu, The Bar, de Lucas Lage, Container/Bar, de Victor Duarte e Luisa Lage, Cinema, de Alessandra Oliveira, Da Natureza Surreal das Coisas, de Marcelo Alvarenga e Marina Tadeu.

Outro diferencial deste ano está no foco que a Casacor Minas trouxe para a arquitetura. O público poderá visitar um grande número de construções, que foram projetadas especialmente para a mostra. “Este foco na arquitetura possibilitou a criação de um circuito de visitação mais fluido, com muitos respiros entre as construções. Assim, o público poderá contemplar as formas e também uma série de inovações construtivas”, destaca Faleiro.

Destaques

Os arquitetos Bruno Santa Cecília e Alexandre Brasil, do escritório Arquitetos Associados criaram a praça da Líder Interiores, batizada de Infinito Coletivo. O projeto oferece ampla liberdade de experimentação arquitetônica em um espaço de convivência e deleite coletivo, criando ambientes sem uso pré-determinado e com fortes experiências sensoriais.

O pavilhão Ninho de Guaxo, projeto do arquiteto Antônio Grillo, foi concebido para funcionar como um pequeno auditório para eventos durante a mostra e comporta entre 28 e 31 pessoas sentadas, além do espaço de palestrantes. A estrutura foi feita com vergalhões de aço soldados entre si, conformando uma trama similar ao ninho dessa espécie. Foram utilizados 300 vergalhões de 3 metros de aço CA-50 20mm da ArcelorMittal, totalizando 2.220 kg.

A Sala de Banho Deca, projeto da CLS Arquitetura, das arquitetas Kívia Costa, Graziela e Erika Steckelberg foi pensada para ser um ambiente sensorial. A proposta é aguçar sensações, seja pelo barulho da água que jorra de uma fonte que sai do teto, que utiliza torneiras da Deca, seja pelo olfato, ou pelo layout que conjuga peças orgânicas, como os tapetes dispostos de forma aleatória, o sofá curvo e a base de duas poltronas em pedra sabão, que remetem à terra por sua solidez. O ambiente se assemelha a uma varanda, mas é um espaço para se sentir protegido. Tanto o portal da entrada como o piso e parte de uma parede são em porcelanato que se assemelha à pedra. Emoldurada pela natureza, a sala por si só se abraça, com iluminação suave e diáfana.

A proposta dos arquitetos Assis Humberto Ribeiro e Marcus Vinícius dos Santos para o ambiente Studio + Fórmica, uma cozinha funcional, partiu da arquitetura sensorial para render uma homenagem aos 100 anos da Semana de 22. O ambiente é orgânico, fluido e acolhedor. Uma passarela dá acesso ao lounge com mobiliário assinado por designers brasileiros como Jean Gillon, Daniel Coutinho e Jader Almeida. O ambiente utiliza a transparência do vidro e se amplia com naturalidade pelo pé direito generoso.

Uma cultura que vem ganhando cada vez mais adepto no Brasil, a de viajar de Motorhome levando a casa junto para qualquer lugar, mereceu um cuidadoso projeto do escritório BCMF, com autoria e coautoria respectivamente dos arquitetos Silvio Todeschi e Marcos Sales. Após uma imersão em pesquisas do que existe no mercado nessa área, eles apresentam uma proposta humanizada e aconchegante para os espaços internos e boas surpresas para a área externa do motorhome. No teto, a primeira surpresa: nele, um deck vira espreguiçadeira e cria um ambiente a mais para os viajantes. Também do lado de fora, na lateral, um toldo cobre a varanda que dá continuidade visual e espacial à cozinha interna, com uma bancada. Na parte de trás, na sequência, mais uma grata surpresa, o deck dá continuidade a uma banheira que se encaixa no sofá que vira cama lá dentro.

O living projetado por Francisco Morais, da Framo Arquitetura, recebeu o nome de Estar Bem Santa Cruz e apresenta inúmeras possibilidades de aplicação de produtos da Santa Cruz Acabamentos. Com paleta que trafega entre o cinza, a madeira e o preto, usado de forma pontual, ele tem como pontos altos a adega e também as obras de arte, nas quais reside o toque de cor.

Apaixonado e pesquisador nato da hotelaria, Natan Gil batizou seu ambiente de Oásis Urbano para mostrar que não é necessário sair da cidade para descansar. Seu projeto tem, ao mesmo tempo, pegada urbana, sem que essa seja sua melhor tradução. É literalmente um oásis, espaço para se desconectar do caos e repor as energias.

A arquiteta Isabela Vecci parece ter bebido na fonte do realismo fantástico do escritor Murilo Rubião, se inspirado em Gabriel Garcia Marques ou em um filme de Tim Burton para criar um ambiente que, se nos lembra um ensaio cenográfico, remete também a uma realidade de certa forma palpável, para quem tem já passou dos 50.

Para criar seu restaurante ‘Departamento’, que lembra uma repartição pública de alguma década depois da metade do século 20, repleto de objetos como arquivos, máquinas de escrever, mesas de telefone de PABX e outras tantas peças dos anos 1940, 1950 e 1960, ela consegue aumentar o lirismo que a memória pode aflorar, aflorando um paisagismo que funciona como as lembranças que tudo misturam, sem começo nem fim.

Outro restaurante é o da arquiteta Sarah James, batizado de O chefe e o Cabra. Os tons terrosos já anunciam: o ambiente traz uma pitada do Nordeste como inspiração, sem ser caricato. Cores lavadas permitem que o colorido da comida suba ao pódio, onde, certamente, nada compete. Do aço cortem no bar, balcão e parede lateral, ao piso em cerâmica envelhecida, passando pela proposta do jardim com clima de caatinga na entrada, projeto do paisagista Wanderlan Pitangui, tudo tem como intuito enaltecer a culinária do espaço.

Na parte de trás, outro ambiente mais despojado parece fazer uma transição geográfica para a mata atlântica, com mais informação e cultura. Despretensioso e cheio de charmes, o projeto é norteado pela gastronomia e pela estética armorial. A programação visual é da Greco Design e o menu assinado pelo chef Onildo Rocha.

O Pavilhão Raízes, do arquiteto Gabriel Bueno, também é uma novidade nesta edição. Neste ambiente serão gravados podcasts, uma parceria com o UniBH. Inspirado em Lina Bo Bardi, uma das mais icônicas arquitetas do século XX e pensado como um estúdio de podcast, a caixa de vidro transmite transparência e se integra ao paisagismo à sua volta. Ela parece flutuar com a iluminação vinda de baixo e o bico de sua fachada lembra um pássaro e sua liberdade. Paleta em tons neutros que destaca o verde em revestimento que lembra tijolinho na parede de fundo. O mobiliário tem formas orgânicas e, entre os destaques, a cortina vazada, a jabuticabeira suspensa, dependurada no teto, obras de arte e reposteiros em voal.

A 27ª Casacor Minas será realizada entre os dias 09 de agosto e 25 de setembro, no Palácio das Mangabeiras.

Serviço:

Casacor Minas Gerais
Horário de funcionamento
Terça a Sexta feira - das 14h as 21h (21h encerra a bilheteria, visitação até as 22h)
Sábados - das 12h as 21h (21h encerra a bilheteria, visitação até as 22h)
Domingo - das 12h as 19h (19h encerra a bilheteria, visitação até as 20h)

Valores de ingressos
Terça a Sexta-feira
Inteira R$70,00
Meia entrada –R$35,00 mediante comprovação


Sábados, domingos e feriados
Inteira R$80,00
Meia entrada –R$40,00 Mediante a comprovação

Ingressos na bilheteria da mostra ou pelo site: https://casacormg.byinti.com/#/ticket/

Parque do Palácio
Horário de funcionamento:
Terça a Sexta feira - das 14h as 21h (21h encerra a bilheteria, visitação até as 22h)
Sábados - das 11h as 21h (21h encerra a bilheteria, visitação até as 22h)
Domingo - das 11h as 19h (19h encerra a bilheteria, visitação até as 20h)

Valores de ingressos (não dá direito a visitação Casacor)
Terça a Domingo
Inteira R$10,00
Meia entrada R$5,00 mediante comprovação

Sobre a Casacor Minas

A Casacor é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas e reúne, anualmente, renomados profissionais. Em 2022 chega à sua 27a edição em Minas Gerais e com mais de 20 eventos nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Campinas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Interior de SP, Litoral de SP, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina) e seis internacionais (Miami, Peru, Chile, Equador, Bolívia e Paraguai).

www.casacor.com
 
 
 
Destaque
» São Paulo, capital das feiras, lidera o setor de feiras e eventos empresariais
Últimos Destaques 
17/05/2024
» AgroBrasília completará 15 anos em 2024
17/05/2024
» Feira da Moda Inverno (FEIMI) anuncia a primeira edição de 2024 na Avenida Paulista
17/05/2024
» Caravanas de agricultores familiares chegam para conhecer as inovações tecnológicas na Agrotins 2024
17/05/2024
» Encontro Internacional de Neonatologia reunirá profissionais nacionais e internacionais em São Paulo
16/05/2024
» Bahia Farm Show 2024 terá ampliação de 9% da área total
mais...
  buscar destaques: