Atenção:

Habilite o JavaScript em seu navegador (browser) de internet!
Feiras do Brasil
 
     
 
 
     
 
Destaques & Notícias
 
Meeting Wine da Envase Brasil destaca oportunidades no agriturismo

26/03/2024
Meeting Wine da Envase Brasil destaca oportunidades no agriturismo

Painel com o especialista italiano no segmento Fausto Faggioli ocorrerá no dia 23 de abril

A cultura da uva e do vinho ocupa lugar histórico no desenvolvimento de Bento Gonçalves, e a Envase Brasil aproveita esse legado para agregar novas oportunidades às famílias que se dedicam à atividade – e, igualmente, a outras envolvendo a agricultura familiar.

A feira de soluções para as indústrias de alimento e de bebidas, programada para os dias 23, 24 e 25 de abril em Bento Gonçalves, dedicará espaço em sua agenda de geração de negócios para palestras de conteúdo, como é o caso da “Cases de Agriturismo Italiano”. O tema será tratado pelo convidado internacional Fausto Faggioli, dentro do Meeting Wine, que terá outras três palestras no dia 23 de abril – veja programação abaixo.

Agriturismo ou agroturismo é, segundo Faggioli, uma forma de promoção territorial com a oportunidade de hospedar o consumidor final, uma chance de agregar valor às produções locais e ao conhecimento tradicional com uma experiência para vivenciar. Para ele, o turismo em áreas rurais representa um segmento em crescimento com interessantes oportunidades de desenvolvimento. “Elas são derivadas da capacidade de responder a algumas das tendências emergentes na demanda turística, que favorecem formas de experiência menos massificadas e mais atentas aos valores da natureza, cultura, enogastronomia e vida rural em geral”, comenta.

Faggioli reforça que as comunidades rurais devem ver, no desenvolvimento do turismo, uma oportunidade para diversificar a economia rural e revitalizar territórios que, de outra forma, não seriam mais competitivos diante das dinâmicas de mercado e da evolução das políticas agrícolas. “O interesse pelo agroturismo reside em vários elementos reais que garantem um alto envolvimento da população local, especialmente nas faixas femininas e jovens. Há a possibilidade para os atores locais iniciarem novas atividades para atender a uma demanda capaz de criar efeitos econômicos positivos e, portanto, benefícios estendidos ao desenvolvimento econômico das regiões rurais”, considera.

Nesse sentido, a Itália é referência mundial. O país detém cerca de 26 mil agriturismos, com um faturamento que beira os 2 bilhões de euros e atende a cerca de 4 milhões de turistas. A atividade é tão desenvolvida que tem até legislação, criada ainda em 1985. Foi a primeira lei agriturística da Europa, e até hoje ela é ajustada levando em consideração as necessidades regionais e territoriais. “A necessidade de regulamentação por meio de legislação é importante para definir, em primeiro lugar, a proteção ao consumidor, uma vez que serve para delinear e certificar quem pode realizar a atividade agriturística, de que maneira e com base em quais requisitos” destaca. Além disso, continua Faggioli, oferece a oportunidade de controlar se a atividade realizada pela empresa é autêntica e representativa do mundo rural.

Além dos números, Faggioli diz que é importante considerar a demanda do mercado. Segundo ele, existe uma busca das pessoas em desfrutar o ar livre com “a terapia da paisagem”. “Essa terapia é mais necessária do que nunca para redescobrir o valor do ar livre, tanto para as empresas, que podem assim se revitalizar a partir do território e do relacionamento cada vez mais próximo com o consumidor final, local, regional, nacional e internacional. O mercado turístico deseja descobrir as autenticidades de um local através do mundo rural e seus produtos”, aponta.

Para se aventurar no agriturismo, Faggioli recomenda: É fundamental a vocação para a hospitalidade”. E acrescenta que o empreendedor rural deve estar pronto também com paixão e escolha de vida, amor pela terra e por suas próprias tradições rurais. “Essas são as arquiteturas invisíveis, mas fundamentais do operador de agriturismo, porque sem entusiasmo não se pode fazer agriturismo. Hoje, as pessoas podem esquecer o que dissemos, podem até esquecer o que fizemos, mas as pessoas nunca esquecerão como as fizemos sentir. É por isso que o agriturismo não é apenas o que me oferece, mas sim como você me faz sentir”, ensina Faggioli.

Cônsul italiano participa do debate

Ao lado de Faggiolli, autor de vários livros de marketing e comunicação sobre desenvolvimento rural e colaborador de universidades, administrações públicas, entre outros órgãos europeus, um outro italiano também participa do painel sobre agriturismo. O Cônsul-Geral da Itália em Porto Alegre, Valerio Caruso, fará a abertura do painel e compartilhará seus relatos sobre o tema

Serviço:

O quê: 15ª Envase Brasil - Feira de tecnologia, embalagens e processos para a indústria de bebidas e alimentos
Quando: de 23 a 25 de abril, das 14h às 20h.
Onde: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS) – (Alameda Fenavinho, 481)
Quanto: credenciamento gratuito pelo site https://envasebrasil.com.br

Meeting Wine - O Vinho que Alimenta
Dia 23 de abril, às 14h
Diagnóstico do setor vinícola brasileiro
Com Marcelo Beltrand

Inovação e inteligência artificial
Com Luciano Potter

“Wine Moderation”
Com representante europeu

Cases de Agriturismo Italiano
Com Fausto Faggioli e Valerio Caruso

https://envasebrasil.com.br
 
 
 
Destaque
» Calendário Feiras do Brasil 2024: confira o TOP 5 de setores com mais feiras!
Últimos Destaques 
14/04/2024
» JPR 2024 traz 950 professores e mais de 4500 expositores
14/04/2024
» Fruit Attraction será aberta na terça-feira (16) no São Paulo Expo
14/04/2024
» Fhoresp Experience: federação promove evento de hospedagem e de alimentação fora do lar
14/04/2024
» IFAT Brasil apresentará tecnologias para ampliar eficiência energética e reduzir custos no agronegócio
12/04/2024
» Congresso H&F@Hospitalar discute os desafios, as inovações tecnológicas e o conceito de sustentabilidade aplicado a facilities
mais...
  buscar destaques: